Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Sobre elogios e sexismo

Gosto de ti porque não és como as outras raparigas - Quem nunca ouviu esta frase? Estava a pensar nela outro dia e acho que é uma coisa muita estranha de se dizer...Qual é o mal das outras raparigas? Quer dizer que não sou uma puta? Este termo refere-se a raparigas de má personalidade ou a raparigas que simplesmente exercem o seu direito de dizer sim quando lhes apetece? Em que é que estas últimas são melhores ou piores que alguém? Como é que um tipo sabe como se comportam todas as outras...Ou é uma generalização? Porque haveria eu de gostar de ser comparada com alguém em primeiro lugar? Dispenso que depreciem um género inteiro só para me elogiar...Nem de propósito há dias li um artigo que falava das formas subtis de machismo: aqueles senhores muito simpáticos mas que depois dizem coisas como: querida vais te candidatar a Harvard? Nunca vais conseguir...Eu gosto de ti e não quero que tenhas uma desilusão mais tarde.

 

Ou então: se emagrecesses saía contigo; és gira, mas sabes gosto de mulheres com menos maquilhagem; és gira, mas é pena só teres dezanove anos [aka: quero que me convenças que vales o suficiente para mim]; vá lá não tem mal nenhum, não gostas de mim? [Anastácia, querida estás a pensar demasiado...Lembram-se?], a culpa é tua, já sabes que eu sou um tipo ciumento; eu nunca disse isso estás a fazer confusão [um cavalheiro tentou isto numa entrevista com a Taylor Swift: ele disse que era um bom tipo e a Taylor responde-lhe que esses costumam ser os piores - os piores são aqueles que adoram dizer a meio mundo o quanto são bons precisamente - então o tipo volta-se para toda a gente: mas eu alguma vez disse que era um bom tipo? Não pois não? Ela confronta-o com o facto de ele ter dito isso á vinte segundos. Ele nega]; não percebes nada, deixa falar quem sabe; não sabes aceitar um elogio? Às vezes tentam parecer inteligentes:

 

(tirei daqui)

 

Acho que muitas mulheres já não terão escrúpulos em mandar ir pastar quem merece, mas uma adolescente: 15 anos e vontade de ser amada como é normal a dar de caras com um manipulador deste calibre. E tendo em conta os livros que circulam supostamente para a idade delas...No Sábado tentei ler um: uma cheerleader deprimida e um tipo que só se mete em confusões...Pareceu-me intressante, mas ao fim de 20 páginas desisti. O tipo era insuportável. Se ela dizia: é melhor não nos encontrar-mos hoje, ele respondia: mas vê só temos uma vida pela frente, amanhã podemos não estar aqui queres ficar em casa sem ver a magia do mundo...Dois parágrafos inteiros desta treta e não só. Kill it with fire! E assim são quase todos os protagonistas YA...Olha para ti Hazel: não tens interesses, vives fechada no quarto [há na verdade meninas que são felizes sozinhas nos seus quartos] e estás a morrer achas que vais encontrar melhor? Não sejas ingrata. Outra manipulação: levar alguém a crer que precisa de um salvador ou fazer a pessoa sentir-se um lixo só para depois a mimar e passar por bom da fita - Não vês que sou o teu príncipe encantado? Quanto mais uma pessoa for rebaixada [ah Anastácia, como podes ser tão estúpida...Também se lembram?] mais fácil é de manipular. Como diz a nossa rainha Taylor - uma boa pessoa não tem de andar a dizer isso a toda a hora, por isso se um tipo vos atira com esta é porque muito provavelmente é um otário.

 

Li há pouco um texto engraçado num dos blogs que sigo, mas que me fez lembrar este ponto: há coisas que se lêem por aí que parecem muito românticas, mas se calhar...De facto, as Anastácias desta vida são a presa preferida dos manipuladores e predadores sexuais: carentes e frágeis. Existe uma razão para um pai não deixar as filhas estudarem no interior da índia e também há uma razão para um tipo na América ficar furioso quando diz que uma moça é bonita e ela lhe agradece e diz que já sabia - dominância. Se uma moça diz que sabe que é gira corta logo pela raiz a hipótese de o indivíduo bancar o papel de bom rapaz que alguns adoram. Todos gostam de elogios, mas não me parece que alguém goste de ser tratado como um ser de segunda...Algumas senhoras também são manipuladoras é evidente, a diferença é que ninguém diz a um tipo que tem que aguentar a maluca mas uma rapariga é programada para aceitar isso sem se queixar...Desigualdade encapotada.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Sara 29.04.2015

    A ideia que uma pessoa precisa forçosamente de outra é bastante maligna - infiltra-se de todas as maneiras e pode ter consequências graves quando alguém acha que estar numa relação de porcaria é melhor que estar sozinho: é uma questão de educação - mostrar ás crianças que a felicidade e auto-estima vem em primeiro lugar e que não precisam de se sujeitar a ninguém e há medida que eles vão começando a namorar mais cedo (é verdade) isto torna-se mais importante (não bater não é amor; não ele não vai mudar; não, não é culpa tua) bem como ensinar sexualidade segura. Quando falei em crianças estava-me a referir-me a idade em que as meninas estão mais vulneráveis - na minha opinião. Não é fácil ter treze anos! Claro que a pressão existe sempre, mas creio que a maioria das pessoas vai ganhando defesas. Claro que as mulheres também manipulam - os seres humanos são assim por natureza - falei nesta situação especifica porque a encontro muitas vezes, mas pode ser aplicado a senhoras (creio que qualquer dia deixo de ter visitantes masculinos...lol), mas a maneira como as pessoas encaram a situação é diferente - e não devia. Devia ser sempre condenável, sem desculpas. Puxa não diga isso que eu tenho 24 anos :(
  • Sem imagem de perfil

    José Rosa 30.04.2015

    Ups ... não sabia a tua idade (pensava-te um pouco mais nova :D ). Mas continua válido o que escrevi. Na idade em que estás, se não tens compromissos amorosos, tens amigas e familiares que já te devem ter deixado comentários sobre isso (nem que sejam sorrisos quando falas do rapaz com quem estiveste a conversar e que te pediu o número de telemóvel).
    É nesse ponto que me estava a focar... e isso é válido desde os 10 aos 40. (em média...) Algumas pessoas até gostam de estar sozinhas e de não terem ligações amorosas, só que a sociedade torna-os logo como "coisas erradas e que são perigosas". Não é por isso que são menos do que os outros... só que qualquer pessoa ao ouvir isso, vêm-lhe logo à cabeça a ideia que aquilo não é possível. Que qualquer pessoa daquela idade já devia estar casada, ter filhos e ter alguém ao seu lado. Já sou (bastante) mais velho que tu e sei o que é chegar a encontros de antigos colegas e a maioria estarem casados/as, divorciados ou separados e eu dizer "Sou solteiro". As caras ficam a pensar que raio se passa comigo. Só mesmo as pessoas que me conhecem melhor sabem que é por escolha própria. O resto acham estranho e surgem hipóteses das mais escalifobéticas ... por isso é giro conversar com algumas pessoas a só fora desses encontros. Nos últimos 10 anos a pergunta que se tornou normal é "és gay? e não te assumes?" eu parto-me a rir porque ao perguntar porque razão fazem a pergunta a resposta é igual (homens e mulheres) "Se ainda não estás casado ou andas com uma gaja, é porque és estranho". E qualquer resposta que lhes possa dar é sempre levada como sendo mentira... porque alguém com mais de 30 anos, por qualquer razão que desconheço, já deve estar casado e com filhos. Ou estar junto (e com filhos).
    Por isso, certas idas, com pessoal mais novo, a bares (odeio discotecas e festivais de música) deixam-me perdido. Ver lá raparigas de 12-13 anos todas produzidas a tentarem arranjar um rapaz que tenha carro e dinheiro... e raparigas com idade perto da tua, a andarem lá mais parecem desesperadas, a trocar sentimentos (e o seu corpo) por algum sentimento que algum homem lhes acene. Depois as pessoas admiram-se quando as raparigas de 18-20 anos aceitam que o namorado dar-lhes meia dúzia de estaladas (ou coisas piores...) são provas de amor e que o erro foi delas.
    Só que há algo que as pessoas tem ignorado e continuam a ignorar. E podes testar isso com facilidade. Pede a uma amiga tua que te dê 3 estaladas com toda a força que ela possa. Pede-lhe que te diga tudo o que ache pior em ti ou sobre algo que tu tenhas feito e ela não tenha gostado (sem qualquer limitação e brincadeiras, ser mesmo ofensiva, descarregar em ti tudo o que não goste de ti.). Deixa passar uns meses... e descobre qual dessas coisas te deixou mais marcas ao ponto de ainda te lembrares de toda a sequência. O problema agora é que as pessoas pensam a curto prazo. E nisso tens toda a razão em ambos os posts. (e deixa lá que os homens também gostam de lêr o lado da mulheres... só não gosta quem não aceita que existe o contraditório)
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Quem Escreve Aqui

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Avisos

    As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

    Calendário

    Abril 2015

    D S T Q Q S S
    1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930

    Sumo que já se bebeu

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D

    A Ler...

    Algo especial a dizer?