Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Os piropos (ou: nós não somos coisas)

Parece que final os piropos foram mesmo criminalizados depois de há uns tempos atrás a medida ter sido enxovalhada e alvo de piadas. Só vi agora e já deu para ler algumas coisas bem interessantes: "as gajas que não gostam é porque são umas ressabiadas"; "a culpa é delas porque andam despidas na rua"; "é uma forma de elogio"; "uma pessoa tem direito a expressar-se, especialmente se é jovem. Coitados são as hormonas"; "afinal quem é que não gosta"...E por aí vai. Não tarda vai aparecer alguma alma a dizer que os seus direitos estão a ser diminuídos. Este tipo de desculpas encontro todos os dias por essa net fora e é incrível como estão enraizadas - não, não é agradável; não, não é um elogio. Uma sugestão: façam esses "elogios" às mulheres da vossa família no próximo jantar de Natal especialmente com as crianças ao pé. Que animação! Então quando fizerem o mesmo à vossa filha de dez ou treze anos...As hormonas não são desculpa. Chamem-me idealista mas acho que somos seres humanos e não bestinhas. E posso começar a usar as minhas hormonas como desculpa ou isso só se aplica aos homens? O assédio sexual não é aceitável sobre nenhuma forma e não pode ser desculpado.

 

Não se pode continuar a aceitar uma cultura que trata seres humanos como coisas. A ideia do "deixa lá querida, de certeza que ele te colocou a mão na cintura só a brincar" não é aceitável. Aliás, chamar a isto elogio é abrir precedentes: afinal, o que é que tem mal? Tenho algumas dúvidas sobre a sua aplicação prática, mas se servir para discutir o problema já não é nada mau. Não posso, em boa verdade, perceber o que se passa na cabeça de alguém que acha isto normal: berrar coisas para um prefeito estranho no meio da rua chamando a atenção de todos sobre essa pessoa ou dirigir-se em termos impróprios a alguém sem que lhe tenha sido dado esse direito. Regrinha básica: respeita se queres ser respeitado. Mais uma: se o teu "direito" implica pisar outros, então não é um direito - a menos que vocês achem que isto é a selva. Não é incrível como a mentalidade de algumas pessoas parece parada algures? Realmente há notícias que trazem o melhor de alguns ao de cima...E sim, o assédio é condenável em ambos os sentidos, só para o caso de alguém se questionar.

20 comentários

Comentar post

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Dezembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Algo especial a dizer?