Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Os Óscares ou um sistema errado

Já ninguém se cala com os Óscares, especialmente depois do comité decidir ignorar actores negros pelo segundo ano consecutivo. A coisa já vai em boicote de várias celebridades...Eu até costumo ver: muito glamour, vestidos, pessoas que choram de emoção...Mas a crua realidade é que isto é uma cerimónia feita por e para homens brancos, onde eles trocam prémios entre si por papéis que quase só eles é que desempenham e pelos quais ganham quase sempre mais. De vez em quando lá aparecem uns outsiders para não parecer tão mal e claro que há categorias para premiar actrizes...Mas não é como se elas realmente tivessem importância: aí até aos trinta ainda são "usáveis", mas a partir daí é melhores começar a empurrá-las discretamente para debaixo de uma pedra. A ideia de que os homens são tipo o vinho do porto é treta: eles apenas têm o direito de envelhecer e elas não. Esta é a diferença.

 

Entre tantas que perpetuam a dominância masculina: salários, oportunidades, respeito...Quando forem um dia ver um filme com efeitos espectaculares lembrem-se que muito provavelmente houve mulheres a trabalhar na equipa e que é muito provável que só nesse dia elas tenham aturado duas faltas de respeito e três propostas porcas...Longe das luzes é isto o que acontece. Quantos candidatos a melhor filme tem minorias ou mulheres em destaque? Por exemplo, vejamos 2015: No primeiro caso apenas um: Selma, que é sobre as marchas lideradas por Luther King. No segundo caso, nenhum: se contarem com Selma, quatro dos oito filmes eram especificamente sobre figuras masculinas da História, dois deles cientistas. Este ano a lista de indicados tem apenas 24% de mulheres. Sou a única a achar estes padrões francamente negativos? E não se trata de estabelecer quotas.

 

Para alguém chegar ali primeiro precisa de um papel, precisa de espaço. Não se podem premiar papéis que não existem. A sério: se eu quiser ver mais um exemplo de supremacia branca masculina não preciso de ficar a pé até tão tarde...Basta ir aos meus manuais de História ou pesquisar um pouco na net. Quando é que poderei ir ao cinema ver um filme sobre uma cientista? Ou um filme com uma actriz plus-size que não seja uma comédia? Ou filme com minorias que fale de coisas que não sejam apenas a escravatura? E ainda é preciso passar pelo sexismo da passadeira vermelha...Quase me esquecia disso. Devíamos boicotar sim, mas era todo o sistema. Porque ele está errado. 

18 comentários

Comentar post

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Sumo que já se bebeu

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Algo especial a dizer?