Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

O lado lunar dos livros

Estava aqui a pensar ainda nisto dos cavaleiros andantes e de como há coisas que nos deixam tristes e comecei a fazer contas para ver se já tinha um top 10 de livros que me puseram choramingas - já tinha feito antes e chegado à conclusão que sim, mas acho que talvez dez lugares já não cheguem. Não é que me envergonhe disto...Não sou um coração mole, mas como leitora às vezes encontro coisas. É giro que todos os leitores gostam de dizer coisas maravilhosas do acto ler. E é tudo verdade claro, mas é justo falar do outro lado que também existe: raiva, frustração e lágrimas. É difícil quando se gosta de uma personagem e o autor insiste em fazê-la sofrer e a nós por extenção - gritar com o livro, quem nunca? Quando são adoráveis mas um bocado tontinhas e não ficam com a pessoa que achamos que deviam...Ou quando estamos confortavelmente a odiar uma personagem e de repente: plot twist! E vários sentimentos contraditórios lutam ao mesmo tempo. 

 

Ou quando vemos claramente que a narrativa caminha para a tragédia...Quando elas vão desta para melhor! Quatrocentas páginas para acabar assim? Não tem que ver com o livro ser mau literariamente falando: com esses não me preocupo muito, embora às vezes dê pena ver boas ideias perderem-se em execuções menos felizes. E volta e meia acontece: um livro que vos encosta à parede. Que escarnece das vossas ideias e pergunta se acreditam mesmo nisso. Os livros são banidos por uma razão - saber apreciar uma obra mesmo que não vá ao encontro do que achamos é difícil. Nem todos os livros existem para nos fazer sonhar...Há os que existem para deixar cicatrizes e para fazer o nosso interior dar cambalhotas. Há os que existem para marcar fronteiras - antes dele foi uma coisa e depois dele será outra. O Kafka (esse mestre) tinha esta ideia: A book must be the axe for the frozen sea within us. É também a ideia que sempre tive - não há proveito num livro que depois de fechado é logo esquecido, porque é lindo tal como outras centenas de livros lindos que estão nos escaparates.

 

Mas como estou a ficar velha já não importo tanto com a introdução de livros felizes e ridículos na lista...Além disso este tema nos blogs dá sempre chatice, pelo que decidi adoptar uma atitude zen a respeito. Há livros que são punhais disfarçados e de vez em quando temos de pegar em alguns assim se queremos agitar as células cinzentas - Vê bem leitor, o mundo não é bem como estás a pintar. Há livros que existem para nos mostrar que o mundo não é um lugar muito bonito. Em miúda costumava ler livros sobre mulheres maltratadas em sítios longínquos...Eu era um tanto mórbida e só mais tarde constatei este verdade: a curiosidade matou o gato. Mas também constatei outra: é assim que é mundo e não adianta querer viver na ignorância. Nem todos os livros são feitos de sonhos - há os que existem para nos dar pesadelos, como aliás qualquer leitor de Kafka (entre outros) sabe. E às vezes mudam a maneira de se olhar para as coisas - eu fico com arrepios cada vez que vejo uma mascara nô, aquelas japonesas: um obrigado eterno à autora que decidiu incluir na estória uma cena de tortura envolvendo este objecto. Às vezes é assim: acabamos a ler os pesadelos dos outros que passam a ser os nossos. As tuas marcas serão as minhas. Leitores - na alegria e na tristeza.

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Sara 28.11.2015

    Eu amo história, portuguesa incluída...Já estive a pesquisar. Pensei que fosse de uma colecção que existe sobre reis portugueses, mas já vi que não...Parece-me acessível :)
  • Sem imagem de perfil

    Simão 28.11.2015

    Não é dessa colecção, não!
    Se gostam comece então por ler D. Afonso Henriques, também de Diogo Freitas do Amaral.


    Bom fim de sábado.
  • Imagem de perfil

    Sara 02.12.2015

    Parece interessante...Vai para lista. Por graça estive com o cerco de Lisboa na mão, mas não trouxe...eheh. Não estava em promoção!
  • Sem imagem de perfil

    Simão 02.12.2015

    Olhe só, Sara: "A Coisa à Volta do Teu Pescoço", de uma escritora nigeriana, de seu nome, Chimamnda Ngozi Adichie. Além do facto de ser bom e de contar essencialmente histórias sobre mulheres, é um livro que se lê aos saltinhos. Não precisa de o ler a correr, nem a andar devagar ou depressa. Leia-o aos saltinhos!


    Boa noite.
  • Imagem de perfil

    Sara 02.12.2015

    Conheço...Ainda no fim de semana esteve com o Americanah na mão, mas esse como é mais pequeno talvez consiga encontrar por aí. Tenho de ver...Os discursos dela no TEDx são fantásticos. 
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Quem Escreve Aqui

    Feminista * plus size * comenta uma variedade de assuntos e acha que tem graça * interesse particular em livros, História, doces e recentemente em filmes * talento: saber muitas músicas da Taylor Swift de cor * Blogger há uma década * às vezes usa vernáculo * toda a gente é bem-vinda, menos se vierem aqui promover ódio, esses comentários serão eliminados * obrigada pela visita

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Calendário

    Novembro 2015

    D S T Q Q S S
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930

    Sumo que já se bebeu

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    *

    A Ler...

    *
    *

    Algo especial a dizer?

    *