Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Livros e mais um tesouro do Lifestyle

Ontem andei a ler os posts destacados a propósito do dia mundial do livro - não estava inspirada para escrever nada - e vi este texto num blog que sigo, sobre pessoas picuinhas que acham mal que se ande a falar sobre livros a toda a hora e em qualquer lugar qual sacrilégio. Há coisas que de facto é melhor não partilhar, mas as leituras não são uma delas - eu amo falar sobre livros! Quando acabo de ler um da qual gostei muito apetece-me dizer isso toda a gente: o quanto ele é bom e o quanto merece ser lido. Sempre fico um pouco invejosa das pessoas que têm uma rede de amigos leitores alargada porque é óptimo trocar opiniões, aliás é assim que estes objectos sobrevivem: sendo lidos, passados de pessoas para pessoas, muitas vezes desafiando proibições...Que importa se virou moda ler livros em público? Era pior se tivesse virado moda esfaquear gente no metro não? Talvez eu seja snob em relação a algumas coisas tipo gosto de livros difíceis, aqueles que dão luta, e gosto de clássicos mas às vezes há cada reacção que parece que a imprensa não devia ter sido inventada.

 

Por exemplo, acabei há dias o Bell Jar da Sylvia Plath, um livro maravilhoso e intenso sobre uma mulher que sofre de depressão, e antes deste li As Virgens Suicidas de Jeffrey Eugenides mais conhecido pela adaptação de Sofia Coppola mas que é também uma obra maravilhosa - o Verão em que as cinco irmãs Lisbon decidiram morrer - sobre crescer e perder a inocência ("What are you doing here, honey? You're not even old enough to know how bad life gets. Obviously, Doctor," she said, "you've never been a thirteen-year-old girl). E ambos fornecem insides fascinantes da mente feminina e das dificuldades num mundo feito para homens. Recomendo! Já agora também não percebo aquele pessoal que se melindra quando alguém insere expressões em inglês num texto ou diz que gosta de ler em inglês: isso não tem nada que ver com escrever mal ou não gostar da língua portuguesa...Os textos do Eça têm imensas expressões em francês lá no meio, será que ele também não sabia escrever? Eu leio em inglês ás vezes - estou a ler agora por acaso - e não acho que isso me torne mesmo leitora ou os meus argumentos mais fracos. E há por aí traduções bem ranhosas...

 

Entretanto enquanto escrevia isto encontrei mais um tesourinho da zona, como não amar, de lifestyle aqui do Sapo: diz que as meninas por conviverem com rapazes podem aprender a ser ambiciosas, a correr, a gostar de ciência e a desenvolver o raciocínio. Pois claro, porque isto não são qualidades que uma menina possa ter, são exclusivamente masculinas...Elas só querem ficar em casa com a prole e se tiverem sorte pode ser que encontrem um homem que as empurre para uma carreira de sucesso - porque é só para isso que eles cá estão. Os meninos podem aprender com as meninas a ser bons pais, a ter caprichos e a ser meigos...Cá está, é para isto que cada um nasce: uns gostam de ciência outros de parir filhos e de se maquilhar, não há cá misturas...Uma menina a ler Carl Sagan ou a mostrar a um rapaz como é que se dá uns toques numa bola?! Meninas inteligentes?! Por acaso se hoje é possível publicar barbaridades como estas nas interwebs é graças a muitas mulheres...Devem-se ter fartado de conviver com homens, galdérias. Não será antes: todos os seres humanos têm coisas a ensinar uns aos outros independentemente do género? Ai vida...E vocês andam a ler coisas interessantes? Partilhem.

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    José Rosa 27.04.2015

    Estás a falar de enviar livros à cobrança? (caso de venderes livros por um site, facebook ou coisa parecida e não tenhas conta bancária ou o comprador peça para enviar à cobrança)
    Nesse caso, tu pagas o valor dos portes quando entregares a encomenda nos CTT e a pessoa paga o valor dos portes e da encomenda ao carteiro, quando a receber. Vais aos correios, pedes um registo para correio com cobrança, prenches os papeis (um deles é chamado de Vale postal, parece um cheque, onde tens de colocar o valor da encomenda somado com os valores dos portes(por exemplo: compram-te os livros por 10 euros, pagas 4,95 por enviares à cobrança, o vale deve ser de 15,00 euros) e envias a encomenda pagando os 4,95). A pessoa quando recebe, paga esse valor ao carteiro e tu recebes o vale para ires levantar aos CTT (ou depositar no banco, caso o teu banco te permita essa operação).
    Depois há é outras modalidades. Como pagarem por transferência bancária e quererem que envies em correio registado. Em ambos os casos tu pagas os portes quando entregas a encomenda. A diferença é que correio normal é comprares uma saqueta(depois de veres o dinheiro na tua conta), meteres as coisas lá dentro (atenção que quando forem livros, escreve no envelope a referência "Contêm Livros"), preencher o destinatário e remetente e meteres na caixa dos correios. No caso de quererem "tracking", tens de preencher mais um papel (e fica no dobro do preço...) só que é mais seguro tanto para quem vende como para quem compra.
    Em qualquer caso, informa-te do valor na estação de CTT mais próxima de ti antes de dares o valor ao comprador. Podes lá ir só com os livros, pesarem e dizem-te em quanto ficam as várias modalidades. Já podes dizer à pessoa "o valor à cobrança é encomenda xxx e portes yyy. Por isso quando a receber tem de pagar tttt". Assim já ficas a saber os valores e servem de referência para outras vendas (e para compras que faças...) até ao próximo aumento de preços.
  • Imagem de perfil

    lostdreams 27.04.2015

    Muito obrigada pela ajuda. Eu estava a referir-me ao pagamento através de transferência bancária, mas obrigada por me explicares tudo isso.
    Falaram-me de uma tarifa que é somente para livros, a tarifa Editorial, em que o valor dos portes ronda o 1.50 euros. Sabes algo em relação a isto?
    Obrigada
  • Sem imagem de perfil

    José Rosa 27.04.2015

    Não é tarifa editorial é mesmo Envio de Livros. (se dizes a tarifa editorial, eles recusam porque só os editores e produtores podem usar essa tarifa).
    Há é regras e dependem de estação para estação. (já recebi explicações diferentes em 2 estações que estavam a menos de 2km de distância uma da outra).
    Já não envio livros há uns anos mas bastava ires ao balcão (podes usar um envelope almofadado daqueles que compras nos hipermercados (não é preciso ser correio verde, azul ou outra cor... basta um envelope almofadado, daqueles mais baratos, onde caibam os livros e não cheguem a kilo e meio)), apresentares o livro, colocares dentro do envelope lá à frente da pessoa e fechares com fita cola (não podias fechar com a fita do envelope). Escreveres na margem atrás "Envelope fechado com fita cola. Permite verificação postal". Na frente, por baixo do remetente tens de escrever (em letras gorduchas, senão podem não as encontrar...) Contém Livros.
    E a tarifa não chegava a 1 euro para um livro dos médios. Agora com o aumento é capaz de ser isso. Mas, dá um salto aí à estação de correios que tenhas mais próxima e fala com uma funcionária. Algumas estações não têm esses serviços e o pessoal que lá está a atender despacha-te logo com um não, por isso, podes ter de perguntar a algumas pessoas. E NUNCA refiras correio editorial... senão despacham-te logo. Diz mesmo que é a tarifa para envio de livros. Se te perguntarem se é o correio editorial, diz que não. Que é mesmo a tarifa que eles têm para envio de livros. (creio que a tabela se chamava Tarifa Económica para envio de Livros). (pelo menos em 2013 ela ainda era aplicada... agora com a privatização eles acabaram com muita coisa das mais baratas, não sei se essa ainda está em vigor)
    Se quiseres algo mais fácil (um pouco mais caro mas muito mais rápido quando é correio normal ou registado) é usares o correio verde. Podes comprar a saqueta em muitos sítios, colocas o remetente, o destinatário, metes o livro lá dentro, fechas e é só enfiar num marco de correio. (o registado tens de passar pelo balcão mas, o preço do envelope para livros com mais de 250gr acaba por valer a pena, pois só pagas o envelope e o registo)
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Quem Escreve Aqui

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Avisos

    As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

    Calendário

    Abril 2015

    D S T Q Q S S
    1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930

    Sumo que já se bebeu

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D

    A Ler...

    Algo especial a dizer?