Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Leituras de Abril

Links interessantes:

 

Collective Biographies of Rad Women Through History 

 

10 Best Literary Instagram Accounts for Book-Lovers 

 

Conta de Instagram do Planned Parenthood

 

1A.png

 

Algumas coisitas lidas:

 

The Member of The Wedding, Carson McCullers (1946): no verão dos seus doze anos Frankie Addams sente-se solitária. As quentes tardes são passadas na cozinha com as duas únicas pessoas com quem mantém uma relação próxima: o primo de seis anos e a criada negra. Mas quando o seu irmão anuncia inesperadamente que vai casar, Frankie vê a tão deseja oportunidade de ser parte de alguma coisa e conseguir fugir da sua opressiva cidadezinha sulista. Que livro maravilhoso!

 

Maria: or, The Wrongs of Woman (1798): em sequência de Uma Reivindicação pelos Direitos da Mulher, Mary Wollstonecraft começou a escrever uma obra de ficção em que a personagem é presa num hospício pelo seu marido tirano. Aqui não há argumentação: a pena de Mary torna-se ainda mais directa e frontal, inclusive abordando temas que eram completamente tabu. Infelizmente o livro ficou por acabar, pois ela morreu pouco depois de dar à luz a sua filha Mary [shelley].

 

 

“Women who have lost their husband’s affection, are justly reproved for neglecting their persons, and not taking the same pains to keep, as to gain a heart; but who thinks of giving the same advice to men (...) ?"

 

 "A false morality is even established, which makes all the virtue of women consist in chastity, submission, and the forgiveness of injuries"

 

 

Marido e Outros Contos, Lídia Jorge (1998): o amor de uma sobrinha por um tio e a sua bicicleta; um professor que procura nos pássaros provas da existência de Deus, um cabeleireiro com um hábito fora do comum, uma mulher submetida à violência do marido...São alguns dos excelentes contos desta pequena colecção. Ao mesmo tempo um retrato preciso de um Portugal (talvez) passado....

 

A Ridícula Ideia de Não Voltar a Ver-te, Rosa Montero (2013): tirando por algumas informações sobre Marie Curie, que me fizeram desejar uma biografia como deve ser, não gostei muito deste livro...

 

Racismo no País dos Brancos Costumes, Joana Gorjão Henriques (2018): retratos concretos de descriminação de negros e afro-descendentes em várias áreas como educação, justiça, habitação...Que continuam a acontecer num país que vive na ilusão do bom colonizador e que aqui racismo não existe.

 

 

"No país dos brandos costumes (...) ninguém é racista porque racista são os outros (...) há cidadãos portugueses tratados como emigrantes, mas todos se vangloriam sobre as políticas de integração. No pais dos brandos costumes toda a gente é bem vinda, mas algumas pessoas têm mais probabilidade de ir para a prisão do que outras (...) Não se olha a cores, mas quase não há negros em posições de destaque (...). Numa sociedade inebriada com a mitologia de que não há racismo."

 

 

The war Against Women (1992): Marilyn French, feminista americana, traça um amplo retrato da sociedade dominada pelo patriarcado e das suas constantes guerras para nos subjugar e mesmo erradicar.  É quase um guia, abordando uma variedade de temas em vários lugares do mundo.

 

Está dividido em quatro partes: discriminação sistemática contra as mulheres - fala, entre outros, de como as revoluções da História nunca nos incluíram, aliás as nossas contribuições são simplesmente apagadas; como o trabalho da mulher é ignorado pelos índices económicos, como os governos tentam regular a nossa sexualidade, reprodução e o nosso corpo - incluindo mutilar o nosso pobre pipi (como se o resto que lhe fazem já não fosse suficiente...), muito pertinente a relação entre o surgimento de seitas fundamentalistas e extrema direita na América com a luta das mulheres.

 

Guerras institucionais contra as mulheres (tentativas de provar a suposta "superioridade" dos homens através da biologia; assédio, impedimento de progressão na carreira, descriminação na obtenção de justiça...); Guerra cultural contra as mulheres e a última parte - Guerra pessoal dos homens contra as mulheres (económica, violência e abuso sexual...).

 

Comprados:

 

- A Ridícula Ideia de Não Voltar a Ver-te, Rosa Montero [já lido]

 

- Os Íbis Vermelhos da Guiana, Helena Marques

 

- A Doce Pomba Morreu, Barbara Pym

 

- A Morte do Coração, Elizabeth Bowen

 

- Todos os Nossos Ontens, Natalia Ginzburg

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Maio 2019

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

A Ler...

Algo especial a dizer?

subscrever feeds