Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Crimes de Ódio

[ontem fiz uma breve pesquisa sobre este assunto, já que nas televisões não o vejo ser muito abordado. Haverá coisas mais bonitas para pesquisar, mas às vezes é preciso encarar o mundo como ele está. Acho que temos...

 

 

 

Fonte

 

 

 Fonte

 

 

 Tirado daqui e daqui

 

 

 

Fonte

 

 ...razões para ficarmos seriamente preocupados]

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Sara 02.06.2017

    Acho que há razões para nos preocuparmos: tem havido um aumento no número de países governados por pessoas que odeiam minorias - quem faz parte de minorias ou de grupos desfavorecidos já está a perder direitos. O número de crimes de ódio deste género também está a aumentar muito, bem como a popularidade de grupos políticos fascistas e anti-democráticos de uma maneira que já não se via há um bom tempo. Além disso as pessoas que gritam com empregados de bancos e com mulheres na rua não são malucos - são cidadãos comuns com emprego, família e impostos em dia...São os cidadãos exemplares em quem confiamos. Isto é um problema muito grave
  • Eu não disse que não havia razão para estarmos preocupados... Só que não é nada de novo. Estar consciente destas situações é fundamental, claro, mas o ódio é tão antigo como a humanidade.


    Por exemplo, no Reino Unido, entre 2000 e 2015, morreram 90 pessoas devido ao terrorismo. Entre 1985 e 1999 foram mais de 1000. Entre 1970 e 1984, mais de 2000. 


    Não estou a dizer que as coisas estão bem. Ou sequer que estão melhor.


    Estou a dizer que ódio sempre houve, agora só parece mais presente por ser mais divulgado, porque as notícias chegam agora, e antes não chegavam.


    "São os cidadãos exemplares em quem confiamos." -


    A tua definição de cidadão exemplar é estranha... ;)
  • Imagem de perfil

    Sara 05.06.2017

    As pessoas que incomodam outras em lojas, que mudam de rua de propósito ou que vão à polícia queixar-se que está uma mulher de burkini na praia serão todas mentalmente perturbadas ou fundamentalistas como os tipos das primeiras duas notícias? Não me parece. São cidadãos comuns - levam os filhos a passear ao parque, talvez ajudem instituições de caridade. Muitas terão um cadastro limpo. A confiança é necessária para a sobrevivência - confias que a mulher da mercearia que andou contigo ao colo não vai empurrar uma pessoa para fora da loja por trazer a cabeça tapada. A violência (ou indiferença perante a violência) levada a cabo por pessoas comuns todos os dias é um problema grave. É na verdade uma das piores formas de violência porque não é levada a cabo por pessoas más, conforme se concebe esse conceito, e por isso passa despercebida e quase não é noticiada. Certo, mas eu não estava a falar de tentados terroristas - estava a falar do aumento geral do ódio no mundo. Nada disto é novo, mas nos últimos anos podíamos ver uma eleição sem nos preocuparmos com a hipótese (séria e real) de vivermos num fascismo e apesar de tudo o que foi acontecendo podíamos acordar de manhã sabendo que alguém havia de impedir que um doido qualquer legalizasse os abusos sexuais contra as mulheres ou a violência contra pessoas homossexuais - estamos a assistir um retrocesso civilizacional
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Quem Escreve Aqui

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Avisos

    As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

    Calendário

    Junho 2017

    D S T Q Q S S
    123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930

    Sumo que já se bebeu

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D

    A Ler...

    Algo especial a dizer?

    subscrever feeds