Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Coisas do Mundo...

Sou a única a achar estranho o modo como as notícias sobre o que se passa na América são transmitidas? Indivíduo negro que era drogado, traficava armas (o que são armas ilegais lá...Canhões?), faltava às aulas de matemática, quando tinha seis anos roubou uma bolacha do frasco...Ah, sim esperem levou oito tiros de um polícia pelas costas podemos então avançar para o próximo bloco informativo. O que se tira de uma notícia dita assim: que óptimo que a polícia está a tornar a sociedade um lugar melhor! Mas isto é o quê? O Dexter? Não nos estamos a desviar do foco principal? O problema é o seguinte: se o sistema judicial não é necessário então cada um pode resolver as coisas como quer? Para que é que vou processar o meu vizinho se posso livrar-me dele logo ali [ou chamar alguém para o fazer?]. Seria o caos, aliás são as instituições - o facto de ser providenciado as coisas básicas  - que nos impede de virar feras. É [muito] perigoso legitimar a violência, neste caso exercida com parcialidade, e apresentá-la como se fosse uma coisa normal e útil. E também: pode-se confiar num profissional que se engana e saca de uma arma em vez de um taser? Ou que mente? Sabe-se lá o que mais acha legítimo um oficial que pisa o pescoço de um tipo gratuitamente? Também gostava de saber porque há tanta cobertura de manifestações violentas e lojas partidas e tão pouca das manifestações pacíficas e dos voluntários que limpam as ruas. Com as manifestações na Turquia foi o mesmo problema: alguém viu polícias a tirar gás pimenta sobre pessoas que estavam sentadas, acertando directamente nos olhos? Mas aconteceu. Como encontrei há pouco num site: parem de clamar por paz quando o que querem na verdade é silêncio. A igualdade deve ser a coisa que menos há seja  para que direcção apontem - há seres humanos que nem têm o direito a crescer, são subtraídos a este mundo logo que nascem só por terem um pipi. Desconfio da violência quotidiana e do apregoamento  de ideias limpas e racionais, especialmente das duas coisas juntas - temos de enviar todos esses imigrantes de volta. Sempre que oiço isto penso sempre manda-los de volta para onde, mas ainda não ouvi uma resposta. Eles vêm para cá porque não têm casa...duh. O que se passa com este mundo?

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    José Rosa 03.05.2015

    Isso também depende... estive em New York em 2008 e fui "convidado" a sair de uma loja no Harlem porque a loja só vendia roupa a pessoas de cor. Os homens que lá estavam "escoltaram-me" porta fora e eu a ver que tinha revolveres e facas debaixo dos casacos. E tudo começou porque perguntei se tinham um número mais baixo a uma rapariga de cor que estava no balcão. Provavelmente passei por ser racista por ter ido perguntar à funcionária se tinham um casaco de um número mais baixo do que os que lá tinham expostos... tal foi a velocidade com que os 3 empregados me abordaram. (quando já estava no final da 2 ou 3 rua, um polícia de carro parou ao meu lado a perguntar se ninguém me tinha assaltado... porque eu era branco e os brancos que andassem ali por aquelas ruas costumavam acabar sem dinheiro e telemóveis... se tivessem sorte)
    Há muita coisa naquela América... um dos principais problemas é as "igrejas e congregações". Qualquer coisa mesmo por mínima que seja, é empolgada e apresentada à comunicação social.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Quem Escreve Aqui

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Avisos

    As opiniões sobre livros e filmes podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados e fascistas não são bem-vindos. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

    Calendário

    Abril 2015

    D S T Q Q S S
    1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930

    Sumo que já se bebeu

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D

    A Ler...

    Algo especial a dizer?