Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

A verdadeira maçã envenenada

Mais uma razão para não ter filhos: não sou boa a contar histórias. Não é apenas falta de habilidade, também é não saber escolher temas adequados. Sou um bocado sinistra, então ia dar por mim a falar de sereias que comem marinheiros ou cobras gigantes que dão a volta ao mundo, embora tenha a alegar em minha defesa que isto são exemplos da mitologia e não fui eu que escrevi essas coisas. Entre a história do Jörmungandr e filmes de princesas não sei. Não querendo magoar quem é fã, mas não os tenho em grande consideração [abro um parênteses para dizer que me surpreende a quantidade de filmes infantis que têm morte e outras coisas terríveis, vi o Rei Leão vezes sem conta, aquilo é tipo o Hamlet mas menos pretensioso] a culpa não é das princesas está claro, mas do facto de elas estarem presas numa teia machista que não ensina nada de bom.

 

Podem pegar numa caneta e num papel e começar uma lista de tudo o que está errado. E também podem dizer que essas princesas já são do tempo do outro senhor. Não é tão simples. Estudo revela que as princesas dos filmes animados falam menos do que as personagens masculinas: “as linguistas Carmen Fought e Karen Eisenhauer analisaram todos os diálogos das princesas e concluíram que as personagens masculinas têm três vezes mais falas do que as personagens femininas”

 

50.jpg

 

E o problema não é só a quantidade (ou falta dela, é uma sorte não existirem mais heroínas mudas - se pudesse salvaria a Ariel daquela atrocidade de filme), mas também que tipo de coisas dizem, que tipo de objectivos lhes são atribuídos, que relação estabelecem com outras personagens femininas, em que mundo vivem e quem o habita, como são percepcionadas por outros. Gosto de imaginar que de entre os desejos para a pequena Snow estava além da brancura, também coragem e firmeza mas que alguém deixou isso de fora por engano ou que a nossa amada booklover recebia muitos elogios pelo que tinha dentro do cérebro. Pouco provável, já que de acordo com o estudo nos primeiros filmes as heroínas eram elogiadas pela aparência 55% vezes enquanto que pelas suas capacidades apenas 11%, percentagem que subiu para os 23% no grupo do meio e para 40% nos mais recentes, beneficiando de terem mais mulheres na sua produção (o Brave e o Frozen tiveram ambos mulheres na realização)

 

Parece-me que as relações entre personagens femininas continua a ser um dos problemas sérios, já que ou são horríveis ou não existem. "Nós estamos treinados para pensar que os homens são a norma", afirmou Karen Eisenhauer, "então quando se acrescenta um lojista esse lojista é um homem. Quando se acrescenta um guarda esse guarda é homem". E como bem apontado, embora as princesas se tenham tornado mais activas, papéis como de side kick são praticamente exclusivos de entidades masculinas. Assim se impede as meninas de verem relações saudáveis de cooperação entre mulheres, sufocadas por um mundo masculino.

 

“Aside from the heroine, the films offer few examples of women being powerful, respected, useful or comedic.There's one isolated princess trying to get someone to marry her, but there are no women doing any other things,” Fought says. “There are no women leading the townspeople to go against the Beast, no women bonding in the tavern together singing drinking songs, women giving each other directions, or women inventing things. Everybody who’s doing anything else, other than finding a husband in the movie, pretty much, is a male”

 

Ideias misóginas em produções ditas para raparigas são uma constante, de forma disfarçada ou óbvia. São coisas que estão enterradas no consciente colectivo: pessoas ainda têm espasmos com a ideia de uma princesa independente. No trailer do WreckIt Ralph 2 há uma cena que provocou agitação na internet: Vanellope entra num quarto onde estão todas as princesas juntas, elas querem saber se ela é uma princesa de verdade: será que ela tem mãos mágicas? Cabelo mágico? Animais que falam com ela? Já foi envenenada? Sequestrada? Escravizada? Nada disso, e então: 

 

 

 

She is a Princess! Os jogos “para meninas” nas App Stores da vida também são elucidativos: além dos jogos envolvendo roupa e maquilhagem, há coisas mais sinistras como jogos cujo objectivo é fazer com que uma personagem (branca e magra) saia da loja com o maior número de sacos ou cujo objectivo é limpar casas, passando por simuladores de gravidez e parto. É por isso que não entro em discussões sobre o que aconteceria se as mulheres tomassem o poder, tipo Themyscira gone wrong. Prefiro pensar nas meninas a quem está neste momento a ser sugerido o download de um jogo cor de rosa que envolve desentupir sanitas. Para nem ir mais longe...A insistência neste enquadramento binário, masculino, branco - priva as raparigas de todo um mundo de conexões e possibilidades

51.png

52.png

 

O que aconteceria se eu fosse contratada para fazer remakes. Hella cute

(direitos dos desenhos)

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Setembro 2018

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Sumo que já se bebeu

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Algo especial a dizer?