Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

A leitora frustrada

- No site das listas a propósito do Dia da Mulher pessoas colocaram lá várias listas com títulos só de autoras. Claro que cliquei em todas. Não tenho nenhum auto-controlo no que respeita a listas de livros. Se vejo uma que me parece interessante tenho que clicar e tenho que ir pesquisar os títulos. Outro dia encontrei um livro de não-ficção sobre a história da manteiga e a primeira coisa que pensei: quero!

 

- Aguardo com expectativa aqueles momentos em que alguma coisa que não tenho passa de moda e então já não parece tão mal eu estar fora...Infelizmente é uma longa lista, antes era só do Facebook. Estas coisas modernas consomem muito tempo. Quando penso nos livros que ainda quero ler tenho um pequeno fanico.

 

- Vocês devem estar em pulgas para saber como vai a minha wishlist para a FL. Não vai muito bem pois por mais voltas que dê choco sempre nesta verdade universal: comprar livros novos mesmo com desconto, é quase um suicídio monetário. Só tenho 10 livros na lista e o preço total quase chega aos cem euros, já comprei mais do que isso por metade desse preço...Porque é que o livro Capitãs de Abril [que o Google solícito corrige para capitães] da Ana Sofia Fonseca, que tem 250 páginas, custa 18 euros? O Mulheres Portuguesas (Irene Flunser Pimentel e Helena Pereira de Melo) tem mais do dobro do tamanho e só custa mais 4 euros...

 

- Andei a limpar pastas no meu pc. Ficheiros, pdfs, coisas que já não ia voltar a ler\usar. Menos de 48 horas depois já tinha lembrado de pelo menos 5 livros que precisava reler - não tinha pensado neles até os ter mandado para a reciclagem. É ridículo...

A Blogger vai à livraria

Se há algo que dá matéria para posts são as minhas idas a livrarias. Não que eu não vá a outros sítios, mas o que pode ser mais interessante do que prateleiras cheias de livros? Também não quer dizer que compre sempre, mas andei rabugenta toda a semana e estava na disposição de trazer algo para me animar. Não julguem. Na primeira loja nada me cativou ao ponto de decidir trazer. Havia lá o Mein Kampf. Já sabia que não estava mais proibido, há para aí uns dois anos, mas ainda não me tinha cruzado com essa abominação. Distraí-me com isso e acabei por não verificar se havia novidades da Nora Roberts. Que espécie de leitora sou eu? Ao lado estava uma edição de capa dura do Manifesto Comunista. E do outro estava o 101 Sítios Para Fazer Sexo antes de Morrer. Não é verdade.

 

Na Feira do Livro é mais fácil encontrar certos livros - já sei que editoras têm coisas que me interessem e as que não, mas com a organização por áreas tenho de pensar onde terão encaixado aquele livro de não-ficção ou os feministas. Na segunda livraria investiguei as áreas de História, política e biografias e depois Psicologia, Filosofia e Sociologia. Sou sopinha de letras, ainda bem que não se nota nada...Nesta última encontrei um título que queria sobre tráfico sexual. Tinha-o na lista de títulos a comprar na FL, mas não resisti. Entretanto já tenho dois candidatos ao espaço vago: 100 Portuguesas com História, Anabela Natário (para este teria de ir à Porto Editora...meh) e Mulheres Portuguesas, Helena Pereira de Melo e Irene Flunser Pimentel. Preciso de parar de pesquisar livros.

Considerações Literárias

- Se deliberadamente decidirem não ler quanto tempo é aguentam?

 

- A última vez que tentei foram seis dias, um bocado sofridos...

 

- Está na altura em que o pessoal começa a traçar os planos literários para o novo ano. Só de olhar fico com ansiedade...

 

- Descobri que até agora li 20 livros da tia Agatha. Tomei nota num documento para não me perder. Ao todo as novelas policiais são 82. 

 

- Sei que não se nota, mas estou muito vidrada em não-ficção. Já deixei a fase de ler um livro de não-ficção que casualmente encontrei. Agora pesquiso activamente e tenho um pequeno fanico cada vez que encontro um título de interesse. Todo um novo mundo que se abriu.

 

- Eu digo muitos disparates por dia e entre esses acontece às vezes estarem coisas sexistas, depois fico a cismar então devo continuar a ler autoras. E a comprá-las - isso torna as minhas idas à FL muito mais desafiantes, não vou abdicar disso. Eventualmente vou ter que ler alguns autores. 

 

- Não olho muito para o que está por ler porque isso dá-me ansiedade.

Sobre ocupar prateleiras e cotovelos

Quando eu era uma leitora mirim uma coisa que me estimulava era ver as prateleiras da estante a ficarem ocupadas. Começava com poucos livros e ia crescendo até ficar uma fila completa. Neste momento não tenho nenhuma livre, tenho de colocar uma fila de livros à frente de outra. Aconteceu recentemente: a prateleira que ficou vaga tem agora apenas sete livrinhos mas a sensação não mudou, já estou a imaginar a fila completa. É uma prova visível e palpável de progresso.

 

Uma das razões porque não quero a minha vida literária resumida a uma estante virtual - e porque não me queixo de cada vez que tenho de limpar ou arrumar a física, livros no chão por todo o lado na mais linda das confusões. Os marcadores: é uma boa sensação ter um livro em cima da mesa de cabeceira e ir vendo o marcador avançar pelas páginas...O leitor moderno tem outras coisas à disposição: sabe que leu mais dez livros num ano do que noutro porque um site lhe providencia essa informação de forma apelativa; sabe o quanto já leu este ano e quanta percentagem leu do livro y no dia tal. A aplicação que uso para ler em digital tem uma área de estatísticas e dá para usar marcadores.

 

Não é a mesma coisa. Terminar o caderno que uso como registo de leituras e ir à livraria comprar outro, um momento solene. Tenho uns seis ou sete cadernos destes. Se calhar devia era escrever menos. Ou, também muito tecnológico, quando uma pessoa fica com os cotovelos a doer de ter estado tanto tempo a ler de barriga para baixo (a minha posição favorita) ou com o braço dormente por ter estado a ler de lado. Sinais de avanço na leitura que se podem sentir no próprio corpo.

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Julho 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

A Ler...

Algo especial a dizer?