Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Mulher

 

 

 

Honoré Dumier A lavadeira

 

Hoje lembrei-me de ti

E da tua luta para viver

Que todos desprezam 

Levantas-te quando ainda não se apagaram as estrelas

Andas pelos caminhos empoeirados

O céu conhece o teu destino

Quando te escondes na sombra 

Vergas as costas ao sol que te há-de queimar

E o rosto à terra crestada

Que não te dá descanso

E que há-de tragar todas as tuas forças

Tens a pele tisnada pelo calor

As mãos calejadas

Os olhos mortos e vazios

És um corpo que apodrece escondido 

O chão conhece os teus passos

Carregas os teus proventos à cabeça

Tens o mundo agarrado às saias a pedir pão

E já carregas outro no ventre condenado à mesma sorte 

Mas algo que não te podem tirar

É a esperança que trazes na alma reprimida

Nas covas que são os teus olhos

E que acalentas todos os dias 

Quem te pode abafar os sonhos?

As tuas lágrimas não se vêem

Quem pode saber que desejas a liberdade

Quando não passas de um vulto? 

E há-de chegar o dia para soltares esse grito sufocado

Porque estás grávida não dos filhos que te fazem à força

Mas de sonhos de vida

Que dás à luz nesse caminhos de morte

A noite fria desce como um véu

A lua guia-te na escuridão

Amanhã será mais um dia de luta

Nesse corpo de mulher que deus te deu

 

Sara

4 comentários

Comentar post

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Agosto 2010

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Algo especial a dizer?