Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Verão em Segurança!

 

 

Quase todas as semanas temos assistido a notícias referentes a afogamentos em praias e zonas fluviais. Para ser mais precisa: nove pessoas perderam a vida nas praias portuguesas no decorrer dos meses de Junho e Julho enquanto os nadadores salvadores efectuaram um total de 273 salvamentos (fonte: Jornal de Notícias). As opiniões dividem-se: uns falam em falta de meios, outros na falta de civismo das pessoas.

Pois eu vou dar a minha: por mais meios que se tenha se ponha à disposição é impossível garantir a segurança sem a colaboração das pessoas. Acidentes acontecem. É verdade. Mas muitos podiam ser evitados se se respeitassem as regras….a falta de noção do perigo de algumas pessoas deixa-me perplexa.

Se foi hasteada uma bandeira vermelha na praia, não é porque os nadadores são do Benfica (bahh…). Vejo muitas pessoas que insistem em ir para a água nessa altura e não obedecem quando as mandam sair. Mesmo quando está bandeira verde, pode ser um perigo afastar-se demasiado. É todo um conjunto de regras simples de cumprir certo? Eu tenho medo de ondas, em algumas praias não entro no mar (Magoito, Maçãs…), o meu irmão pelo contrário é temerário e costuma a afastar-se, provocando-me crises de nervos…Parto do principio que quem hasteia as bandeiras sabe mais do mar do que eu…Não estou a dizer que não falte meios, mas os nadadores não têm super-poderes. Não sei até que ponto è viável por um nadador-salvador em cada reentrância da costa. Quando alguém se aventura numa praia não vigiada sujeita-se…lá porque vivo ao lado do quartel de bombeiros não vou pegar fogo à casa…

Às vezes também vejo crianças a brincar perto de água, enquanto os pais estão a conversar no areal, olhar para o lado uns segundos pode ser fatal…podem chamar-me obcecada, mas nunca fiando. Infelizmente são recorrentes acidentes com crianças no verão (cuidados a ter podem ser vistos aqui: http://www.apsi.org.pt/index.php).

Quanto a praias fluviais já estive numa mas foi de passagem, felizmente tenho a sorte de viver perto do mar. Os perigos aqui são também grandes: os rios têm correntes durante o Inverno que alteram os fundos; a água doce não tem a mesma flutuabilidade do que a água salgada; a água pode ainda esconder trocos de árvores ou ruínas.  

Já que estou a falar disto aproveito para fazer outro reparo: se já se viu as consequências trágicas que pode ter a queda de uma arriba, porque é que as pessoas se continuam a meter-se lá de baixo? Estão à espera que a arriba diga –“epá mexe daí o traseiro que eu vou ruir!”? Claro que a manutenção das mesmas é mais que necessário, aliás eu acho que todos têm de cumprir o seu papel…

8 comentários

Comentar post

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Agosto 2010

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Algo especial a dizer?