Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Entretanto à uma da manhã...

20240421_0138434 (1).jpg

 

No Sábado que passou em vez de estar a dormir como alguém sensato, fiquei acordada a derreter-me (de novo) porque a Mei é a coisa mais adorável...Também já vi a Kiki duas vezes. Nunca vou avançar na lista por este andar, e bem quero chegar ao último, parece tão bom céus. Não venham aqui dizer que aquele Óscar devia ter ido para outro filme. Descobri que um dos nomeados é sobre a amizade entre um cão e um robot e faz as pessoas chorarem - já adicionei à minha lista. 

Não percebo quem diz que o Totoro é demasiado simples. Mas como assim, quando tem tantos detalhes e tanta coisa para pensar...Tenho visto vários filmes que achei bastante bons, e com excepção de uma vez, tenho sido poupada a sentir que o meu tempo foi desperdiçado. Mas depois há aqueles - uma pessoa vê e sente que cada cena tem um pensamento e um propósito e tudo resulta, nada a acrescentar, nada a tirar. Assim de repente lembro-me talvez de uns dois filmes onde senti isto. Por acaso títulos que também não têm uma história muito elaborada. É difícil explicar e eu não sou especialista. Depois de ver duas vezes o que sei é que não mudava nada neste filme.

É uma história tão gentil, mas há uma camada de uma certa tristeza - alguém que está doente, as marcas da guerra, um sítio que em breve seria engolido pela industrialização - a natureza e a nossa relação com ela é todo um outro tema. Como adulta, por exemplo, vejo aquele momento em que a Mei coloca as flores na secretária do pai e diz que ele é a loja de flores e faz-me lembrar quando Leitora Júnior era ainda mais Júnior e costumava espalhar objectos num parapeito, depois ficava do outro lado porque era a lojista e nós os clientes. Alguém pode afirmar que é uma cena que não acrescenta à história, nem acrescenta ver um caracol a subir por um caule ou uma folha a deslizar pelo rio. Eu vivo para estes "nadas" - fazem o meu cérebro que normalmente está sobrecarregado e tem dificuldade em processar estímulos, feliz. Estava a pensar se a internet nos podia fornecer um gif da água a correr e é evidente que pode: 

 

My Neighbor Totoro | The river

My Neighbor Totoro | The river

 

Mas também é difícil não reparar que a árvore que cresce a meio da noite parece a bomba atómica, que o mundo lá fora pode ser um lugar perigoso e na fragilidade de tudo - no início da Nausicaä, ela está a explorar a floresta tóxica que é povoada por insectos assustadores, não que a nossa protagonista tenha medo...Então as plantas começam a libertar umas coisas brancas que fazem parecer que está a nevar, é uma cena tão bonita e tão pacífica. Mas ela vai morrer se tirar a máscara. A vida humana é frágil e o mundo também, mas temos de continuar a viver. E algures há a esperança.

 

Favourite gif from nausicaa of the valley of the wind | Fandom

 

Peço desculpa, este post também parece ter sido escrito à uma da manhã e por acaso até foi mesmo. A foto não ficou assim grande coisa, para além de ter colocado mal a marca d'água, o pc estava de forma precária pousado na borda da cama, ainda penso que tenho idade para ficar deitada toda torta sem sofrer as consequências nos dias seguintes...

Quem Escreve Aqui

Feminista * plus size * comenta uma variedade de assuntos e acha que tem gracinha * interesse particular em livros, História, doces e recentemente em filmes * talento: saber muitas músicas da Taylor Swift de cor * alergia ao pó e a fascistas * Blogger há mais de uma década * às vezes usa vernáculo * toda a gente é bem-vinda, menos se vierem aqui promover ódio e insultar, esses comentários serão eliminados * obrigada pela visita!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Abril 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Sumo que já se bebeu

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
*

A Ler...

*
*

Algo especial a dizer?

*