Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Leituras no limbo

sofia-4_0051_32_t0.jpg

(Sophia de Mello Breyner e Conceição Lima em São Tomé. Anos 80. Tirado daqui)

 

Que não sou a leitora mais organizada, já não é nenhuma novidade. E recentemente dei por mim com vários livros no limbo - tinha a intenção de os ler, mas outros títulos acabaram por se sobrepor. Por outro lado não queria estar a devolvê-los às estantes então ficaram à espera. Um deles é Vagina: A re-education de Lynn Enright, também é sabido que me entusiasmo facilmente com livros que versam sobre o pipi, comecei a ler mas depois havia este sentimento de culpa por o Sensibilidade e Bom Senso estar ali a ganhar pó e considerei ler os dois ao mesmo tempo - só que fiquei empolgada e a não-ficção ficou para trás. 

A empolgação durou até mais de meio e depois foi decaindo pelo que achei que o melhor seria pegar em outra coisa - A Dolorosa Raiz do Micondó, um belíssimo livro de poesia de Conceição Lima. É o segundo que leio dela, o primeiro foi O País de Akendenguê  que li durante a volta ao mundo. Estão ambos editados pela Caminho. Agora que penso nisso o desafio foi pródigo no que toca à poesia pois também gostei muito de Odete Costa Semedo e Ana Paula Tavares. E recorda-me mais uma vez como é absurdo que a literatura de países de expressão portuguesa esteja ausente dos currículos nas escolas...

Neste momento estou a ler Raparigas Mortas de Selva Almada. Este já estava à espera há um tempinho considerável - narrativa centrada no homicídio de três jovens mulheres nos anos oitenta na Argentina. Vendo a perspectiva de ler mais de cem páginas sobre mulheres violadas e assassinadas eu tinha-me acobardado logo na introdução. Recorda-me mais uma vez de como o feminicídio devia ter o mesmo estatuto que a prática de genocídio e ser julgado no Tribunal Internacional - muito difícil encontrar um genocídio que seja cometido de forma tão ampla em todos os países do mundo, todos os dias e no entanto aceite como perfeitamente normal...Já estou quase a acabar. A minha mente quer logo saltar para a próxima autora latina a descobrir, mas vou tentar acabar o que falta primeiro.

Filmes: especial queer

MV5BMWY1OWQ4YmItZWU3ZC00MmVmLWJjMTItYmZlMDIyOGFhZTA0L2ltYWdlL2ltYWdlXkEyXkFqcGdeQXVyMjM5MzM1MTM@._V1_.jpg

 

1996

"The movie - the first directed by a 'out' black lesbian in US - follows Cheryl, played by Dunye, an aspiring black lesbian filmmaker working in a video store as she attempts to make a documentary about Faye Richards, better known as the Watermelon Woman: a gay, black 1930s actress whose roles as mammies and housemaids did not do justice to her elusive and complex life. In the process Cheryl experiences an upheaval in her own life"

(Tirado daqui)

 

infront_EyM_0528_QV_2722-2-683x1024.jpg

 

  Elisa y Marcela

Isabel Coixet

2019

"Este filme retrata a história verídica de Elisa Sanchez Loriga e Marcela Gracias Ibeas, duas professoras espanholas que se tornaram o primeiro casal gay a contrair matrimónio no país, mais de cem anos antes da sua aprovação em 2005 - a 8 de Junho de 1901 depois de Elisa se disfarçar de homem e inventar uma identidade falsa, assim elas conseguiram enganar o padre"

 

e4d1fcc4-8dfa-4573-8210-a96000b0d08eQ.jpg

 

2018

"In early 90s Montana, orphaned teen Cameron Post is discovered making out with her best friend in the back seat of a car. In an attempt to exorcise her “SSA” (“same-sex attraction”), Cameron is sent by her evangelical aunt to God’s Promise – a religious conversion camp that is supposed to “cure” homosexuality"

(Tirado daqui)

 

A saga retorna

 

b5 (1).jpg

 

[Depois de ler Northanger Abbey e ter deixado passar alguns meses, estou de volta. Aqui duas irmãs em situação um tanto precária sofrem desapontamentos no coração devido à fraca qualidade dos espécimes masculinos disponíveis. Começo a temer que não haja homem nenhum que se aproveite nestes livros e então o mundo acabará. E o meu pobre livro já tem tantas marcas na lombada e ainda só vou a meio...]

 

Quem Escreve Aqui

Feminista * plus size * comenta uma variedade de assuntos e acha que tem gracinha * interesse particular em livros, História, doces e recentemente em filmes * talento: saber muitas músicas da Taylor Swift de cor * alergia ao pó e a fascistas * Blogger há mais de uma década * às vezes usa vernáculo * toda a gente é bem-vinda, menos se vierem aqui promover ódio e insultar, esses comentários serão eliminados * obrigada pela visita!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Outubro 2022

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Sumo que já se bebeu

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
*

A Ler...

*
*

Algo especial a dizer?

*