Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

O consentimento é uma coisa atraente

Estava a pensar numa coisa que li: que o consentimento é uma coisa sexy. Concordo e tenho pena que durante os meus anos de formação (expressão estranha, não é como se não estivéssemos sempre em formação) este tema tivesse tão pouco espaço - pelo menos do que me lembro. Entretanto, quando comecei a ler sobre feminismo e dentro dele a ler sobre violência e abuso comecei a perceber que os sinais de alerta eram muitas vezes aquilo que a sociedade dizia que eu devia achar atraente.

E também cheguei à conclusão que o padrão de comportamento ditado para os rapazes se tornarem homens a sério, não só não os torna a sério como tem forte potencial para os transformar em monstros.  É curioso porque enquanto pequenas lemos sobre monstros debaixo da cama, mas depois somos ensinadas a amar os reais que podem aterrar em cima. Não é de espantar que algumas pessoas se chateiem com esta ideia de que agora é preciso pedir autorização para tudo, dizem que o amor e a arte da sedução estão em risco. É inquietante a continua existência deste conceito distorcido em que o amor não existe sem impormos a nossa vontade e forçando o outro. 

 

A2 (4).png

(Tirado daqui)

 

Mas isto é algo fácil de interiorizar, basta na pensar na quantidade de conteúdos que promovem a ideia de que as mulheres nunca dizem que não, é sempre um sim disfarçado e assim torcemos para que o herói consiga convencer a casmurra e obter o santo graal, altura em que deitamos uma lagrimita porque é tão fofo. Passamos incontáveis horas a assistir a mãos não solicitadas em sítios, a beijos roubados e a admirar personagens masculinas que exsudam confiança e não pedem licença para nada porque não são nenhuns...Bem, já deu para perceber. Que domínio, que dureza - não é tão sexy? Alguns no fim descobre-se que até têm coração, que pena que na vida real uma mulher vá parar debaixo da terra antes de conseguir descobrir o dito.

Culpa dela que não cumpriu a sua obrigação de tornar o companheiro uma pessoa melhor, claro. No extremo podemos pensar no tempo que passamos fascinados com a mente dos psicopatas, que os filmes têm uma tendência inquietante de fazer parecer atraentes...Na verdade, a grande maioria simplesmente odiava mulheres. Não é assim tão profundo, podem parar esse documentário que estavam a ver no Youtube (Be there done that) e aproveitem antes para encomendar o Desaparecer na Escuridão da Michelle McNamara. Talvez digam que uma mãozita atrevida não é o mesmo que uma violação - de certeza que não é tudo parte do exacto problema? 

 

A4 (3).jpg(Tirado daqui)

 

A razão porque decidi num post que também escrevi sobre este assunto incluir uma cena de O Ódio Que Semeias - em que o namorado da protagonista lhe diz que aquela não é a melhor altura para fazerem sexo apesar de ela querer, porque ela esta a passar um difícil período emocional - não é porque me faltasse texto, mas é tão raro encontrar este tipo de situação. É algo que me deixa perplexa, e na verdade não é que o gesto merecesse aplausos, chama-se apenas ser um ser humano decente. 

No entanto, aqui estamos nós (a seguir ao livro da Michelle podem encomendar este da Angie Thomas) e quantas pessoas diriam que o protagonista foi idiota em não aproveitar a oportunidade? O que mais lhe pode interessar do que isso? Quando é que vamos colectivamente aceitar que coisas como o respeito e a gentileza são sexy? Ter um coração funcional, sem subterfúgios, é sexy. 

 

"I found out love has to be soft to be strong
Soft to be strong, soft
I believe the world is beautiful
Only the weak ones are cruel"

 

Também me parece que as pessoas que dizem que agora tudo é errado, desconsideram isto: assédio sempre foi errado, mas a diferença é que antes não havia nenhumas consequências. E como agora há (e ainda assim tão poucas e tão leves) alguns senhores acham que estão a ser oprimidos. Não estão. Chama-se progresso. 

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e filmes podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados e fascistas não são bem-vindos. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Abril 2021

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Sumo que já se bebeu

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

A Ler...

Algo especial a dizer?