Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

De volta com assuntos

 

Parece que abandonei de vez este blog, mas o que aconteceu é que estive de cama com uma gripe. Fui acompanhando silenciosamente o estado da nação: com os seus interessantes debates sobre se existe racismo ou não em Portugal, não consegui evitar uma gargalhada febril perante esta questão. É incrível o quanto ainda vivemos iludidos, continuando a procurar refúgio debaixo do sinistro guarda-chuva do país de brandos costumes. Nunca houve momento algum da História em que esta expressão tenha sido verdade...Certamente não para um negro, uma mulher ou um animal. Vi o Festival RTP da Canção por alto e já perdi o sono a pensar quem é o Barber...Ao contrário da maioria eu não sou fã dessa música. Senti o clamor de todas as jornalistas que agora podem finalmente deixar cair a palavra alegado antes da palavra violador quando se referem a certas """pessoas""" e quando vi o novo clip da Taylor o meu coração deu um salto: não há um único segundo ali que não seja certeiro. Aproveitei para despachar três leituras que estavam pendentes - os livros parecem realmente ser agora a única forma segura de viajar. As máscaras estão esgotadas aqui na farmácia local.

 

Procuram-se: países e raparigas

tumblr_ob05rmfmdI1r711ldo1_1280.jpg(Tirado daqui)

 

Terminei: How to Lose a Country: The 7 Steps from Democracy to Dictatorship de Ece Temelkuran, uma espécie de guia de campo em que a autora de maneira bem clara expõe os mecanismos que levam os movimentos populistas ao poder e à destruição da democracia - de modo que o leitor seja capaz de identificar o perigo quando começar a acontecer no seu país, se já não estiver em andamento...Sem dúvida recomendado. Também li Picnic at Hanging Rock de Joan Lindsay, uma autora australiana. Passada em 1900 a narrativa gira em torno do misterioso desaparecimento de três alunas e uma professora de um colégio interno na zona de Hanging Rock, uma formação rochosa que realmente existe em Victoria. Foi uma leitura intrigante! Seguem-se Itália e China. 

 

Compras livrescas até agora

A8.JPG

 

(Livros que já comprei este ano, tão lindinhos. Descobri que ainda existe um sítio que vende livros usados na estação do Oriente. Agora nada mais será comprado até à FL de Lisboa - que será de 28 de Maio a 14 de Junho. Felizmente, estou a pensar ir serena e controlada...É mentira, já tenho uma lista feita. Uma folha inteira.)

 

Factos e imaginação

Quando digo que gosto de clássicos e que pouco sei do que está na berra, que não leio muitas coisas românticas nem de supernatural, de fantasia ou auto-ajuda...Faz parecer que sou uma esquisitinha. Mas constato agora que não sou nada comparado à pessoa que encontrei num vídeo algures a dizer que os miúdos na escola deviam era ler coisas práticas com factos e estatísticas em vez de romances, que não são produtivos...Não é a primeiro vez que encontro opiniões como esta e gente que ostensivamente diz que não lê ficção. Que vida literária triste...Também há a versão, menos dramática: não leio romances. Como se um sem número de autores consagrados não tivessem construido as suas carreiras escrevendo romances e como se isso não fosse uma boa parte do cânone literário...Talvez um dos motivos seja a confusão que se faz entre romance e romântico. Depois do outro lado há quem diga que nunca lê não-ficção - o que também não me faz muito sentido. Há não-ficção sobre todos os temas, escritos numa variedade de estilos...São dois tipos de leitura que podem muito bem conviver.

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Fevereiro 2020

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

Sumo que já se bebeu

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

A Ler...

Algo especial a dizer?