Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Puppy Love

Às vezes acontece-me reparar que o número de seguidores está mais baixo...Depois do último post fiquei com menos dois, embora não tenha como saber se as coisas estão relacionados. Fico a pensar se estes dois ou três se terão cansado de mim ou encontrado outras coisas mais interessantes para ler. Se calhar acham que sou demasiado azeda. Uma má interpretação da parte deles...Eu sou uma verdadeira latinha de doce de leite. As pessoas cansam-se depressa quer do seu blog quer do blog dos outros, especialmente quando há tanta variedade de temas e estilos. Também às vezes quando ando a ler posts antigos noto que há pessoal que costumava comentar e depois um dia - cansaram-se de mim? Stay with me baby, cause I'm strong but I'm lonely....Desistiram do mundo dos blogs? Estarão vivos por aí? Ainda assim o mais angustiante continua a ser o momento em que constatamos que fomos os únicos a não receber resposta numa coluna de vinte comentários. Não é fácil o amor na blogosfera. 

Livros e Conselhos

Comecei a ler um livro YA. Tenho sempre a esperança de encontrar algum parecido com aqueles dois ou três que gostei em vez de mais um desastre. Os livros deste género são realmente o melhor que rapazes e raparigas (especialmente) podem ler. Fornecem o melhor material para reflectir ("Was it possible to rape somebody’s hand?"); as melhores abordagens à sexualidade (temos de fazer amor baby, estou desesperado); como conquistar miúdas (depois de ele lhe ter dado uma estalada fui encontrá-los agarradinhos no sofá); como ser confiante e rebater clichés ("Ele é o herói, não eu. Sou só uma garota fingindo ser heroína"); como ter comportamentos seguros (protagonista masculino zanga-se, dá um pontapé na mesa de um bar e sai - protagonista feminina "eu devia segui-lo"). Mas o que estou a ler agora está a ser razoável. Também estou a ler o On The Road (livro famoso e difícil de explicar. Digamos que é como uma paisagem: vocês não vão tentar explicá-la em termos técnicos certo? Vão simplesmente sentar-se e apreciar) e História do Cerco de Lisboa, uma prenda gentil e da qual estou a gostar muito. Só pensar nestes dois enche-me o coração...Não sei o que se seguirá. 

Tudo boa gente, mas...

Quando estava a escrever o post sobre coisas que se dizem a raparigas gordas fiquei a pensar naquele argumento: estou a dizer isto por causa da tua saúde - isto implica que se consegue ver se alguém é saudável ou não só através de uma foto ou a olho nu e que a pessoa se acha no direito de comentar certos assuntos como se fosse da sua conta...Este argumento acaba por servir para as pessoas esconderem os seus preconceitos sob uma capa "amigável" - isto é muito comum: há dias li um texto em que alguém apontava a quantidade de vezes que alguns senhores dizem nas redes que gostam de mulheres com opiniões fortes. Parece óptimo, mas que conceito de forte será esse? E porque têm de dizer isso tantas vezes? Faz lembrar aqueles tipos que gostam de dizer o quão bons eles são. Para começar se isso fosse verdade não precisavam de andar a bater no peito a toda hora: sou tão boa rapariga, exijo que me amem! Digam antes: adoro mulheres fortes na medida em que isso me for conveniente e de maneiras que me agradem. Gosto de ti porque não és uma perdida. Não será antes: estou cansado de andar a comer por aí e agora quero material para casar? 

 

Quando um tipo diz uma javardice qualquer...Ok é um idiota. Mas há quem esconda as suas ideias sexistas sob a capa do paternalismo, condescendência ou romantismo. Também é assim que parecem funcionar muitas relações que se tornam abusivas: pessoas que vão desvalorizar o que vocês dizem ou ignorar o vosso desconforto...Desrespeitando o vosso corpo, mas sob uma capa bonita. Certos livros da moda tão cheios disto, como se sabe. As ideias quando tiradas do pacote bem embrulhado são as mesmas. Sou um óptimo tipo, assim para o nerd à procura do true love - certo e qual é a tua opinião sobre raparigas gamer ou sobre terem deixado a Leia de fora do merchandising do novo filme? 

 

 

(não me lembro de que site tirei isto, mas é bom demais)

 

Também é "giro" quando alguns senhores e senhoras se metem a falar das mulheres excisadas do Burundi, usando isso como prova de que o feminismo não é preciso e que devíamos era estar todos calados aqui no nosso paraíso...Isso não é como estar a dizer que precisamos de proteger os rios da China enquanto estamos a apanhar peixes mortos do Tejo? Pegar numa situação grave apenas para atacar outras pessoas cujas as ideias achamos irritantes ou uma ameaça. 

 

Mudar realmente de forma de pensar é muito difícil. A partir do momento em que certas ideias se infiltram...Há tipos de pensamento tão consensuais que se tentamos ver por outro ponto de vista somos logo uns freaks. Muitas vezes essas ideias tão enraizadas são as primeiras que nos ocorrem quase contra a vontade...No caso de algumas pessoas parece que fica lá tudo bem enterrado  até ao momento...Em que acedem à net e comentam em certos sítios. Liberdade total para ser um idiota. Não sei se devemos ficar mais assustados com pessoas que vão a certas manifestações xenófobas com cartazes ou com as outras que preferem dizer coisas do tipo não sou isso, mas...Temos de ver que essa preposição anula o resto da frase, logo essas pessoas estão apenas a iludir-se a si próprias. 

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Algo especial a dizer?

subscrever feeds