Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Discussões na net...

...Como não amar? Quando abri este belo espacinho um dos objectivos era partilhar opiniões e isso continua a ser uma das coisas que mais gosto. Infelizmente a nível de trocas de argumentos as interwebs são uma autêntica selva. Já deixei de ir ás caixas de comentários dos jornais, há ali qualquer fenómeno que atrai um numero muito alarmante de psicos, mas ainda não consigo evitar por exemplo as do Youtube. Ler comentários como - não gosto desta música, a cantora tem um dente torto - faz-me sentir menos deprimente. As pessoas são estranhas e a coberto do anonimato dizem e fazem coisas ainda mais estranhas. Libertam o psicopata que há nelas, lá está. Ora, quando comecei a pesquisar cenas sobre feminismo e assim descobri todo um novo mundo de argumentos fascinantes. O facto é que muita gente fala sem aquele primeiro requisito que é saber algo sobre o assunto e depois há quem simplesmente fique picado. Aqui vão algumas das melhores coisas que já li em caixas de comentários de sites variados, tudo real:

 

Situação 1.

Sra: que campanha sobre a violência doméstica tão feita bem feita..

Sr: Achas??! Mas não fala que os homens também são vítimas de violência pois não? Propaganda feminista da treta!

[argumento do Calimero]

 

Situação 2.

Sra: ambos os géneros deviam ganhar o mesmo...

Sr: e não ganham já?? A onde é que não ganham? Quero ver estudos que provem isso!

[ver notícias? Obrigado, mas eu não me meto nisso]

 

Situação 3.

Sra: Olha, uma lista de mulheres inventoras...

Sr: ai sim? Pois elas inventaram isso, mas os homens fizeram a guerra!

[estudar história? Obrigado, mas eu também não me meto nisso. Também nas versões: essas invenções são insignificantes e Ai sim? mas os homens inventaram tudo o resto, o que interessa uma lista de dez coisas?]

 

Situação 4.

Sra: Ter filhos não é fácil...

Sr: não me venhas com essa treta... tenho a certeza que levar um pontapé no meio das pernas dói duas mil vezes mais.

Sra: mas...

Sr: DUAS MIL VEZES MAIS!!!!!

[argumento nonsense: gostas de beringelas? Não, o meu escritor preferido é Sartre]

 

Situação 5.

Sra: as mulheres deviam ter os mesmos dire....

Sr: mais ainda?!! Que mais privilégios querem?

 [argumento: vou negar evidências, porque acho que a minha posição está a ser ameaçada]

 

Situação 6.

Sra: eu acho que...

Sr: cala-te puta, não tens pratos para lavar?

Sra: isso é um bocado rude...

Sr: achas? Espera até eu te encontrar num beco e vais ver

[algumas coisas ditas nestas conversões em particular não podem ser reproduzidas aqui]

 

Também já vi: eu nunca andaria com uma feminista por isso é melhor as mulheres desistirem dessa treta [argumento: o meu ego está acima de tudo], é uma pena que ela tinha sida abusada, mas vejam bem ele é um jogador famoso, um processo vai-lhe dar cabo da carreira [este é usado por ambos os géneros e pode ter variantes: não sei do que ela se queixa, ele é tão giro! Ou: ela esta a inventar, típico] e sem esquecer: odeio essas tretas de igualdade porque em 1987 tive uma namorada que me traiu [que algumas senhoras usam de maneira reversa: Não preciso disso, eu tenho um namorado, um namorado ouviram? Os argumentos das senhoras parecem tender no sentido da não necessidade). Cada um pensa como quer claro, mas isto tem tanto sentido como não gostar da música por causa do dente torto. É impressão minha ou caminhamos para a total e completa estupidificação da humanidade? Mas não temos mais informação disponível?

 

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

A Ler...

Algo especial a dizer?

subscrever feeds