Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Como celebrar o dia do livro

Descobri que hoje é dia mundial do livro...Confesso que não sabia ou se sabia não me lembrei, a não ser quando entrei agora no Sapo (que destacou o post anterior, como fofinho que é). Sou péssima em efemérides. Talvez devesse escrever um texto sobre o assunto, mas a verdade é esta: o meu dia do livro é todos os dias (e alguma noites) desde que nasci. Quer dizer ler a sério foi só para aí aos seis anos, mas a minha diz que quando eu era ainda meio bebé ela me sentava no chão com um livro ou uma revista e eu ficava a ali a folhear tempos infinitos. Não me lembro, mas não vou duvidar. Portanto, acho que não preciso de um dia especifico. E eis outro facto: não me apetece escrever nada de muito longo aqui, porque me apetece precisamente ir ler. Ainda tenho a Anna Karenina para acabar e mais dois o que não é muito, mas entretanto descobri que consigo ler em pdf e é todo um mundo novo. Portanto acho que vou celebrar o dia da melhor maneira possível. Boas leituras a quem passar por aqui! E quem não gosta vai sempre a tempo...

 

Como irritar uma leitora

 

O ano passado comprei um livro que era o primeiro de uma trilogia. Normalmente não compro livros que fazem parte de séries. Não tenho paciência para esperar que o autor se lembre de escrever o resto, que a editora se lembre de publicar e depois posso não ter dinheiro...As séries, especialmente aquelas mais longas, exigem um certo nível de compromisso, e eu não aprecio isso. No entanto trouxe aquele livro, li, gostei e fiquei a aguardar pelo segundo volume. Ora, assim que soube que ia ser lançando comecei logo a fazer planos para o comprar. Também tenho direito a uma pequena extravagância de vez em quando...Mas entretanto descobri através da blogosfera literária algo inquietante: ao que parece o livro foi lançado sem os capítulos finais. Fiquei tipo wtf? Não percebi ainda o que será feito desses capítulos, se foram eliminados (já não era a primeira vez que uma editora se lembrava de cortar á história), se vão ser incluídos no terceiro volume ou se vão formar outro livro...Inclino-me fortemente para a terceira hipótese. É uma trilogia no original mas a editora vai desdobrar em quatro e provavelmente vai cobrar um preço insano por eles. Acho uma chulice e não vou comprar - pagar dezassete ou dezoito euros por um livro que nem está completo?

 

Irrita-me isto de as editoras portuguesas venderem livros aos quartos. Aconteceu com as Crónicas do Gelo e do Fogo: aquilo são cinco livros no original, em português já perdi a conta. O 1Q84 do Murakami são dois e não três. Se estiver enganada corrijam-me, de qualquer o que não faltam são exemplos. É ridículo...E já não basta publicarem assim como a maior parte das traduções deixam a desejar. Atenção que eu não disse que são todas porque há de facto editoras que demonstram brio no que fazem mas outras...Até não ligo muito a pequenos erros, especialmente desde que comecei a ler edições mais baratas tipo as da book.it que não são nenhum primor, mas nem seis euros custam...Agora se pago vinte euros por um livro o mínimo é ter sido revisto. É que não é uma vírgula no sitio errado ou uma falta de acento. São letras "comidas", frases sem sentido...Num dos livros da Jodi Picoult que tenho traduziram á letra o termo Grilled Cheese...Sim, a personagem vai a um café pedir um queijo grelhado. E eu fiquei tipo como é que se grelha um queijo? Derrete! Se ainda fosse panado...Enfim, bastava colocarem as palavras no google para perceberem que era uma tosta de queijo. E no livro que estou a ler agora traduzirem á letra cheesecake. A personagem tira um bolo de queijo do congelador...Tudo bem que se perde muito numa tradução, é normal. Não deve ser canja traduzir os Irmãos  Karamázov do original (acho que nem há...), mas também não é razão para se fazer um trabalho medíocre.

 

Sem falar dos preços claro...Quem pode pagar vinte euros por um livro sempre que lhe apetece? Se em alguns casos até se pode vagamente compreender, noutros...A edição do Admirável Mundo Novo que anda  para aí custa 17 euros e não é propriamente um calhamaço. O Triunfo dos Porcos também custa isso, não sei porque razão. Nem chega ás duzentas páginas e é uma edição perfeitamente normal. Eu que gosto de clássicos e romances históricos então estou sempre tramada...Face a isto não é de admirar que quem posso prefira comprar no original, ou que se arranjem os livros por outros meios. Estas editoras agastam um leitor.

Dilemas Literários

(uma tarde bem passada...)

 

Já cheguei a meio da Anna Karenina, ou melhor, já passei do meio e agora deparo-me com um dilema: quero acaba-lo, por causa de saber o fim (embora em traços gerais já saiba) e também porque tenho outros livros para ler...Mas por outro lado não quero. Não que não esteja a gostar, pelo contrário...Estou a gostar tanto que não me apetece acabar. Nas várias opiniões que encontrei por aí, muita gente dizia que era aborrecido e tal mas sinceramente não acho...até me tenho rido bastante. Assim estou num pequeno dilema de booklover: deixo-me de pieguices e acabo o livro ou deixo-o a marinar mais uns tempos? Também podia pegar num dos outros livros que também estou a ler...Só que um não me está a prender nada e o outro está em stand by pelo mesmo motivo. É difícil uma pessoa desligar-se assim das histórias e das personagens...Talvez vá á estante buscar outro. Não tarda nada tenho uma pilha de livros da altura do Evereste na mesa de cabeçeira...Ai ai.

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Sumo que já se bebeu

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

A Ler...

Algo especial a dizer?

subscrever feeds