Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Preocupações de Mãe...

Mãe: não vais dormir com esse livro malcheiroso na mesa de cabeceira...

Eu: por acaso até é novo

Mãe: deve ser por causa disso que andas com alergia...

....

Eu: Ando com a mãos tão secas ultimamente...

Mãe: é culpa dos livros, devias por um creme.

...

Mãe: hoje tive um sonho muito estranho...

Eu: e eu sonhei com bombas a cair [não é de longe a coisa mais estranha com que já sonhei, depende do que tiver lido ou visto antes de ir dormir...]

Mãe: credo...

Eu: depois acordei e vi que era a luz do sol a entrar pela janela

Mãe: andas outra vez a ler esses livros..não é saudável 

 

Reflexões após uma ida á faculdade

Outro dia tive que ir a faculdade e constatei que aquilo está cada vez mais cheio de gajas. Já era uma coisa notória quando entrei á quatro anos, eu tinha aliás um professor, no terceiro ano, que nos cumprimentava sempre com um olá meninas, provocando indignação no único rapaz que costumava estar presente. No quarto ano pareceu-me haver uma regressão nesta tendência...Pelo menos nas minhas aulas de Economia havia gajos suficientes para encher duas filas de cadeiras, das cinco ou seis da sala. Mas agora está pior, ainda por cima é só gajas daquelas que vos olham de alto a baixo com ar de rainhas do Sabá...A sério gente. Eu creio que tenho muitos defeitos, mas pelo menos não sou mais falsa que uma lasanha ultracongelada...Nunca tive paciência para coisas de gaja. Talvez por isso nunca tenha tido muitas amigas..A primeira que tive foi quando já era adolescente e ela era tão maluca quanto eu. Estávamos numa turma péssima e quem quer que ali em cima coordena estas coisas achou que suportaríamos melhor a provação se estivéssemos juntas. Tinha razão. Eu não costumo atrair pessoas muito normais e pensando nisso ainda bem...Apesar desta escassez de amigas, sempre tive colegas com quem me dava amigavelmente...E vocês dizem ohh isso é impossível e eu respondo: sempre fui feiosa e marrona e eles também não era propriamente o Brad Pitt. Não havia esse género de interesse o que fazia com que as coisas corressem pacificamente. Quando andava no básico dava-me bem com dois ou três e hoje olhando para trás não consigo deixar de me rir...Éramos tão novos, mas cumpria-mos muito bem os nossos papeis: eles garantiam que ninguém me chateava ou que não me perdia e eu garantia, por exemplo, que trabalhávamos numa mesa arrumada...É que tínhamos salas com mesas de vários lugares e aquilo ao fim de meia hora já estava a maior bagunça, especialmente se fossem aulas práticas. A sério, acho que se ninguém se desse ao trabalho de arrumar nada ficaríamos soterrados e de vez em quando tinha de lembrar que havia trabalhos e livros para trazer, só para ninguém levar uma reprimenda. Nem sempre a conversa se mantinha em modos aceitaveis, mas que fazer...No entanto se houvesse drama eles acabavam sempre por me pedir desculpa mesmo que a culpa tivesse sido minha. Em última análise não aprendi a por rímel ou a andar de saltos, mas era um fartote. Mas, um dia vou-me dedicar a aprender, quando não tiver mesmo nadinha para fazer...

Óscares literários

Desta vez não "roubei" o desafio a ninguém, foi-me dado pela Rita do Magia dos Livros. Consiste em escolher um livro lido este ano para cada categoria, tipo Óscares..Vamos lá:

 

 

Melhor livro

Conversa n' A Catedral do Vargas Llosa. Desde as personagens, passando pela caracterização social e politica do Peru (mais familiar do que gostaríamos...), até aos diálogos encaixados tipo matrioska...

 

Mellhor autor

Truman Capote, pelos contos e pelo fantástico Outras vozes, outros lugares. Nem parece escrito pelo mesmo tipo do A Sangue Frio...E melhor autora, Clarice Lispector.

 

Melhor protagonista masculino e Melhor protagonista feminina

Alexander e Tatiana do The Bronze Horseman da Paulina Simons. São tão fofinhos e tão badass ao mesmo tempo...E ficam tão bem juntos

 

 

Melhor protagonista secundário masculino

Dill que o é "noivo" da Scout em To Kill a Mockingbird. Está sempre a fugir de casa por que a família não o quer e inventa histórias mirabolantes para compensar essa falta.

 

Melhor protagonista secundária feminina

Julia Winterson de O Feitiço da Lua de Sarah Addison Alen. Julia apaixona-se em adolescente por um tipo que a abandona grávida e entra em depressão a ponto de se cortar (costumo simpatizar com personagem que têm marcas esbranquiçadas nos braços), mas então descobre que tem o dom de fazer bolos e começa a transformar isso numa arte...Parece ridículo (não vou contar aqui todos os pormenores, lógico), mas é uma história ternurenta que merecia ser a principal no livro.

 

Melhor arte de capa

 

 

 

Melhor mundo criado

Mundo criado, tipo distopia? Não li nada que se possa enquadrar nesta categoria...Mas no fundo todos os autores criam mundos quando escrevem. Escolho O Olho de Hertzog de João Paulo Borges Coelho pela excelente reconstituição histórica. E a personagem principal atira-se de um zeppelin, aterrando em plena selva...Um livro que vale apena.

 

Melhor título

Enquanto Salazar Dormia, de Domingos Amaral. 

 

Melhor Final

Comfort Food de Kate Jacobs por que é um final feliz e eu não leio muitos livros que terminem assim. 

 

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

A Ler...

Algo especial a dizer?

subscrever feeds