Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

45 days book challenge - dias 37 e 38

Dia 37 – Livro para os dias chuvosos

 

 

 Passada no México rural esta história tem como protagonistas Tita e Pedro, dois apaixonados que não se podem casar devido a uma cruel tradição: Tita é a mais nova da família e terá de ficar a tomar conta da mãe. Pedro decide casar com Rosaura, a irmã mais velha de Tita para assim poder ficar junto desta. A minha parte preferida é dos fósforos, mas todo o livro é bastante quente e sensual...bom para ler num dia frio.

 

 Dia 38 – Livro para os dias solarengos

 

 

Ginny é uma divorciada que se sente sozinha depois de a sua filha única sair de casa para ir para a faculdade. Decide então por um quarto para alugar, só que sai-lhe na rifa uma rapariga depressiva que só sabe falar do ex-namorado. Pouco depois Genny consegue trabalho num restaurante...um emprego perfeito não fosse o seu intransigente patrão. Um livro cheio de peripécias divertidas, bom para ler na praia ou na esplanada.

 

Inspira-me: vizinhos

A coisa mais bizarra que os meus vizinhos fizeram provavelmente foi atirar limões à minha cadela. Compreendo que ouvi-la ladrar a tarde toda fosse chato (ela era um bom cão de alerta, até às moscas ladrava...), mas atirar comida! A menos que o limão estivesse envenenado, mas nesse caso não foram muito inteligentes...a única coisa que ela comia com avidez era carne. Também aconteceu uma vez o gato de uma vizinha cair no meu pátio...até hoje não sei como é que o gato de desequilibrou, a sorte é que não foi grande a queda. Já agora falando em gatos, uns vizinhos meus devem ter uns trinta ou mais gatos no quintal...sustentar tal colónia não me afectaria se os felinos não achassem que podem passear no meu pátio há vontade...e na época do cio parece que estão a ser esfolados, nunca ouvi som mais horroroso.

 

As bizarrices dos meus vizinhos davam para vários posts...

Capas: O Segredo da Casa de Riverton

O Segredo da Casa de Riverton é um dos livros que mais gostei. A história passa-se simultaneamente no presente e nos anos 30 e é contada por Grace, uma senhora de 98 anos que vive num lar. Quando nova Grace trabalhou em Riverton, propriedade de uma família britânica aristocrática - os Hartford. Um dia uma realizadora decide fazer um filme sobre um poeta encontrado morto no jardim da casa em circunstancias nunca esclarecidas. E pede a ajuda de Grace que terá enfrentar os fantasmas do passado. Um excelente livro que merecia umas capas à altura:

 

1.

 

 

A capa portuguesa não é muito atractiva. Não é feia de todo até porque gosto de tons azulados e arroxeados, mas numa livraria passa despercebida. A chave deve ser para abrir ali o portão...A capa americana é que me parece mais chamativa pela utilização das cores: vermelho, dourado e azul. No entanto a imagem não é muito característica nem muito interessante. A inglesa é que acho mais bonita: a utilização da fotografia dá quase sempre bom resultado. O portão remete não só para a casa, mas também para o mistério. Só com o virar das páginas ficaremos a saber o que está para lá daquela entrada. Boa escolha do tipo de letra: floreada e clássica remetendo para o estilo da época.

 

Música para abrir o mês

 
This is how the story went
I met someone by accident,
That blew me away
That blew me away

 

It was in the darkest of my days
When you took my sorrow and you took my pain
And buried them away
You buried them away

 

I wish I could lay down beside you
When the day is done
And wake up to your face against the morning sun
But like everything I've ever known
You'll disappear one day
So I'll spend my whole life hiding my heart away

 

Dropped you off at the train station
And put a kiss on top of your head
I watched you wave
I watched you wave
Then I went on home to my skyscrapers
Neon lights and waiting papers
That I call home
I call it home

 

I wish I could lay down beside you
When the day is done
And wake up to your face against the morning sun
But like everything I've ever known
You'll disappear one day
So I'll spend my whole life hiding my heart away

 

I woke up feeling heavy hearted
I'm going back to where I started
The morning rain
The morning rain
Now though I wish that you were here
That same old road that brought me here
Is calling me home
Is calling me home

 

I wish I could lay down beside you
When the day is done
And wake up to your face against the morning sun
But like everything I've ever known
You'll disappear one day
So I'll spend my whole life hiding my heart away
 
And I can't spend my whole life hiding my heart away
 

Pág. 2/2

Quem Escreve Aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

Calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Sumo que já se bebeu

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

A Ler...

Algo especial a dizer?

subscrever feeds