Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Desabafos Agridoces

"Enfim, bonito e estranho, desconfio que bonito porque estranho"

Animais em Lojas

 

Outro dia fui á Orimundo e constatei que aquilo tem toda a espécie de animais: cães, gatos, aranhas até cães da pradaria e imensa passarada também...Como seria de esperar estava imensa gente á volta da zona dos cachorros que batiam com patinhas no vidro para chamar a atenção (os gatos, é claro, estavam-se nas tintas). Eu derreti-me igualmente com aquela visão...Não resisto a mamíferos bebés sejam cães ou ratinhos, até aos dragões barbudos acho graça com aquele ar zen. Mas quando sai da loja fiquei a pensar e acho que não deveria ser permitido vender assim animais, especialmente cães e gatos.

 

Alguns humanos que se acham o supra sumo da batata dizem que os animais não sentem nada, mas eu não creio nisso...Acho que os bichos devem sofrer imenso ali fechados sozinhos no escuro, sem falar ao fim de semana em que não devem ver mesmo ninguém. Os cachorros são um pouco como os bebés: gostam de colo, não gostam de estar sozinhos e ganem que se desunham. Todo o ser gosta de afecto, até as plantinhas. Devia haver uma fiscalização ás condições em que algumas lojas têm os animais. Por acaso a Orimundo não é muito má, mas há sítios em que os cachorros estão em espaços mais pequenos que a gaiola do meu pássaro...

 

A pior loja que já vi é uma no Oeiras Park: os cachorros e gatos estão mesmo na montra e têm uma data de coelhos ao monte num jaula minúscula. Muito mau...Depois faz-me alguma confusão comprar assim um cão sem ver os pais e muitas vezes sem registo...Se é por que é fofinho, bom...Os canais estão cheios de cães fofinhos de todos os feitios e alguns até de raça. Creio também que isto de vender animais assim fomenta as compras por impulso...O pessoal vê os cachorros pequeninos ali mesmo a pedir um dono e esquece a parte racional. Muitas pessoas não têm noção que os cachorros crescem, que fazem muita, mas muita sujeira, que estragam coisas inclusive as belas das férias, que precisam de comer e que ás vezes ficam mesmo doentes e é um dinheirão, que precisam de tempo, muitíssima paciência e certo desapego a algumas coisas tipo tapetes e divisões imaculadas.

 

Além disso muita gente também não têm noção que nem todas as raças que se adaptam a certos estilos de vida...Eu, por exemplo, adorava ter um dobermann (a sério, são lindos de morrer...), mas nunca terei pulso suficiente para tal. É por isto que se dão os acidentes...E infelizmente qualquer desculpa parece válida quando se trata de abandonar um animal: vão de férias, vão imigrar, suja, cresceu demais...Se até os velhos deixam em qualquer lado, o que não hão-de fazer a um simples cão. É preciso ter consciência que não é só trazer um animal e é um mar de rosas. E devia haver uma fiscalização a estas lojas que têm os bichos em péssimas condições...É preciso ganhar dinheiro, mas não estamos a falar de bibelots. 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Sara 02.10.2013

    Olá,

    Aqui em Portugal vende-se toda a especie de animais. As lojas mais pequenas só costumam ter pássaros e roedores, mas as maiores vendem também cães e gatos que são colocados bem no meio da montra para chamar a atenção...Por acaso a Orimundo não tem animais na montra, mas é uma excepção. Qualquer dia vou á outra loja que referi em Oeiras e tiro umas fotos á socapa...Não iria acreditar no tamanho minúsculo daquelas jaulas. É deplorável e muitas pessoas caem na esparrela e acabam por trazer para casa animais sem qualquer registo e doentes.

    Á cerca de morrer de tristeza é curioso que há uns anos uns tios meus foram de férias e deixaram o gato com outra pessoa...Tiveram de interromper as férias por que o animal ficou de tal maneira stressado com a partida que começou a arrancar o próprio pelo...Não tenho quais queres dúvidas que eles sofrem e se angustiam...Imagine-se um animal de repente largado no meio da estrada :(

  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Quem Escreve Aqui

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Avisos

    As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários insultuosos serão apagados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico.

    Calendário

    Outubro 2013

    D S T Q Q S S
    12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031

    Sumo que já se bebeu

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D

    A Ler...

    Algo especial a dizer?