Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Passeando Por Sintra...

Na semana passada fui á Quinta da Regaleira em Sintra...Esta já não é a minha primeira visita, é para aí a terceira - adoro e nunca perco a oportunidade de lá ir de novo embora tenda a evitar o Verão por causa da confusão (andava lá muita gente, mesmos nas ruas da vila brotavam por toda a parte. Não consigo deixar de pensar que os de fora apreciam mais isto que nós), acho que dificilmente se encontra um lugar com um ambiente semelhante. Não é tipo Monserrate um pouco mais acima, com os seus jardins e o seu pequeno palácio de influência árabe ou como o Palácio de Queluz, uma Versalhes em miniatura também com uns jardins catitas, é mais uma espécie de Dr. Jekyll and Mr. Hyde...

 

 

Á superfície há os jardins com as estátuas clássicas latinas de musas com as coroas de louros; as fontes sempre a jorrar água fazendo um som calmante e cristalino, um lago com parrecos em cuja superfície os raios de sol desenham formas, ouve-se o canto dos pequenos pássaros e ás vezes surgem borboletas pousadas nas flores que por ser verão estão particularmente exuberantes. É muito agradável...E depois há as passagens subterrâneas onde quase não entra a luz e onde está sempre húmido e fresco, aquela frescura das rochas e onde cheira a não sei quê de primitivo e inicial. É como entrar na intimidade da terra, agora que penso, sentir-lhe o cheiro e as formas - acho que a terra deve ser fêmea em certo sentido. Anyway, a atmosfera numa parte e noutra é notoriamente diferente: seguro em cima, inquietante em baixo. O próprio jardim vai ficando mais bravio á medida que se sobe. Parece que a intenção do arquitecto era representar o céu e o inferno.

 

 

Quando se está no fundo dos poços não é difícil imaginar os rituais que se praticavam ali. É estranho, talvez por isso me agrade tanto lá ir e especialmente meter-me pelos túneis - o que no entanto não é aconselhável sem luz. Não vão querer bater com a cabeça numa saliência rochosa e abrir um lanho...O próprio palácio encaixa-se bem neste ambiente com todos aqueles pináculos e pormenores trabalhados misturando detalhes manuelinos e góticos. O interior é interessante, mas não tanto como o exterior para mim. Tem-se uma boa vista lá de cima.

 

 

Também há toda uma variedade de símbolos por ali espalhados nem todos de maneira óbvia e alguns um bocado suspeitos. É um sitio muito marcado pela esoterismo. Um dos poços, por exemplo, tem exactamente nove patamares, a tal história do Inferno. Há sempre coisas novas para descobrir em cada visita e de qualquer modo se não forem apreciadores de história também não faz mal, não precisam sequer de entrar no palácio. Podem passear só - é um sítio para todos os gostos.

 

 

O preço é acessível, seis euros, dá para chegar a pé, aliás não percebo quem é pode achar boa ideia levar carros para o meio de Sintra, mas ok...Tempo estimado da visita: quatro horas - desta vez, mas não cheguei a ver tudo. Depende da vossa passada e da minúcia da observação. Os monumentos em Sintra, em geral, são todos bastante recomendáveis. Também há os museus, alguns são de graça, e o mar claro. Eu já tinha falado de Queluz e da Pena, e é provável que andem por aqui outras fotos da Regaleira. Desta vez esqueci-me da máquina por isso não ficaram tão boas...Não manda aquela inveja, como se eu tivesse ido para a Polinésia Francesa, mas é uma visita que vale muito a pena.

 

 

Quem Escreve...

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

A dona lê

Tem Reclamações a Fazer?

Já visitaram o estaminé

subscrever feeds