Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Sobre as fotos da polémica

Ás vezes acho que sou uma pessoa meio sem vida, tipo não saio ás sextas-feiras para ir ao bar mais in do momento e não sei quê...Houve uma blogger, desculpem não me lembro quem, que disse que era a menos in aqui da zona. Posso juntar-me ao clube? Eu estou sempre out, já se tornou quase uma imagem da marca. Geralmente prefiro ficar a ler ou ver aquele programa das tatuagens maradas...Só que depois lembro-me dessas pessoas que partilham e pesquisam fotos de celebridades nuas que não era suposto ninguém ver e já não me sinto tão mal. Não vi, não sei de quem são e só tenho apanhado bocados da história em blogs e assim. As fotos estavam num serviço de armazenamento e foram roubadas certo? Vejo toda a gente a apontar o dedo ás proprietárias das fotos, mas a questão não me parece tão linear. Em primeiro lugar porque é que toda a gente acha normal que se acedam e partilhem fotos de terceiros? É crime - roubo e invasão de privacidade. Naqueles enquentes que o Sapo coloca na página principal, só para ai 8 por cento das pessoas dizia que a culpa deste imbróglio era de quem roubou. A sério? Isso agora é aceitável? Bem se vê que estou out...

 

O argumento que tenho visto é o de quem se coloca a jeito sujeita-se - suponho que se eu estiver na minha rua ás duas da manhã e for atacada estas pessoas digam a mesma coisa. Isso não são horas de uma rapariga de bem andar na rua! As fotografias não estavam acessíveis a toda a gente certo? Ora...E depois há outra coisa que acho ainda mais preocupante: o nível de voyeurismo a que chegamos. Não é só o roubar, mas também o partilhar, o ver, o comentar. Claro que sempre houve interesse pela vida alheia, mas não com a voracidade de hoje creio eu...Acho que algumas pessoas, elas sim, têm uma vida tão triste que chafurdar na intimidade dos outros dá-lhes uma espécie de satisfação. Têm de ver e saber tudo, e principalmente comentar tudo sem sequer por a massa cinzenta a funcionar. É um fenómeno da internet - estamos cada vez mais rápidos a digitar e cada vez mais lentos a pensar...Mais burrinhos no fundo. Como disse antes, não vi as tais fotos: que me importa que alguém se fotografe? Que me interessa ver isso? Não é o meu pipi, nem nenhum que eu conheça salvo seja. A internet, coloca realmente a nu (óptima expressão para usar neste contexto eu sei) muitas descompensações - o desejo quase mórbido de atenção, de reconhecimento...Nunca estivemos tão sozinhos como hoje. Também não me interessa muito quem casa ou descasa com quem  - o mundo está cheio de histórias tão mais interessantes.

 

Mas o pessoal em geral prefere chafurdar no chiqueiro que são os mexericos - quem fez, quem disse...A quantidade de insultos que são proferidos contra celebridades, alguns nem eu diria a amigos. Qual é necessidade? Atenção, que não sou extremista: a net esta cheia de coisas boas como fotos de gatinhos e acabei de encontrar uma óptima receita de hambúrguers de frango...Ás vezes lá fico a saber o que acontece no mundo do estrelato. Quando vou á praia ou ao cabeleireiro, por exemplo. Mas há limites para a devassa, e se antes isso era feito apenas por um tipo muito especifico de pessoas, agora qualquer um o pode fazer. Não existe privacidade ou respeito. Vejo muita gente a chamar porcas ás envolvidas, mas este voyeurismo selvagem é o quê? O nível de segurança das redes também é uma parte da questão que merece debate, especialmente porque todos nós temos coisas em qualquer lado: fotos, contactos...Quem não tem fotos ridículas no telefone? Não sei muito bem como funciona essa história da cláudia, já me explicaram mas sou um bocado desconfiada. Por acaso, há uns tempos encontrei alguém também num blog que dizia que um dos seus entretenimentos era cuscar as páginas de face dos outros, mesmo de quem nem lhe era próximo. Para quê? Está tudo doido...Basicamente, não me parece que a questão seja assim tão linear ou tão fácil de qualificar. É muito mais preocupante, mas claro é mais fácil apontar simplesmente o dedo antes de tentar ver o resto. Tantos juízes neste mundo...

10 comentários

Comentar post

Quem Escreve...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Sumo que já se bebeu

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

A dona lê

Tem Reclamações a Fazer?

Já visitaram o estaminé