Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Ainda sobre leituras digitais

Tenho lido bastantes livros em formato não físico nestes últimos tempos - desde que me disseram que podia instalar uma app no telemóvel...Bastante prático, dá para ler com a luz apagada e a variedade de livros é grande. Não consigo ultrapassar a falta de contacto físico no entanto - já falei disto aqui antes: sou adepta do contacto físico em algumas situações incluindo durante a leitura, especialmente se o livro for bom. Com livros "meh" não faz grande diferença, mas por exemplo ando a ler agora um da qual estou a gostar particularmente e fico com pena que não estejamos no mesmo plano...Há uma barreira que me impede de o tornar meu. Agora descobri que também não gosto de sublinhar em livros digitais - claro que é possível, aquilo dá para fazer uma data de coisas: mudar a iluminação, escrever notas, mudar o tamanho da letra, pesquisar...Até tem uma zona de estatísticas. Mas usar a ferramenta de sublinhar parece-me sempre não ter muito sentido - quando apagar o ficheiro, tenho de fazer porque o meu cartão de memória é um T1, lá se vai tudo. Mesmo que tenha o livro em pdf quando o pc for para o céu dos pcs lá se vai tudo à mesma.

 

2.jpg

(uma boa snifadela...)

 

Também pode acontecer haver um incêndio ou assim, mas acho que a probabilidade é menor. Não há nada melhor do que tirar um livro aleatoriamente da estante e ler as passagens marcadas - algumas que o eu do presente já não sabe porque foram marcadas pelo eu do passado. Não tenho paciência para fazer isso num pdf...Gosto da sensação de guardar. Não devo ser a única pois quando ando pelos blogs por vezes vejo jovens a mostrar orgulhosamente as suas estantes e pilhas de livros...Muita gente ainda não vê os livros digitais como reais - há uns tempos saiu um artigo no Público sobre isso e houve indignação, mas parece-me normal. A palavra  Impressa ainda tem poder...Não sei se vocês têm esse hábito, mas quando gosto daquilo que estou a ler a minha tendência é rabiscar furiosamente - até os sublinhados estão a ficar uniformizados: adeus ondinhas e linhas tortas que passam por cima das palavras. Se calhar vou passar tudo para um caderninho...

47 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Quem Escreve...

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Sumo que já se bebeu

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

A dona lê

Tem Reclamações a Fazer?

Já visitaram o estaminé