Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Grutas

O meu pc já vai fazer oito anos, ultimamente deu para não desligar quando eu mando. De resto já avariou duas vezes: da primeira os meus ficheiros saíram incólumes, da segunda vez perdi todas as minhas fotos…ontem encontrei uma pasta com fotos de uma visita que fiz às grutas de Mira de Aire.

Foram descobertas a 27 de Julho de 1947 e são as maiores de Portugal, com uma extensão de mais de 10.500 metros (apenas são visitáveis cerca de 600 metros). É possível a descida até 110 metros de profundidade, através de uns degraus que, após pesquisa fiquei a saber serem 683. é um óptimo passeio de verão porque a temperatura ronda os 17º graus no interior. Eu fiquei aterrada a primeira vez que fui e olhei para os abismos. Convém não andar aos pinotes porque as escadas estão sempre molhadas e são estreitas em alguns sítios, de resto é uma visita que se faz lindamente.

As grutas dos Alvados e Santo António são lá ao lado e também merecem uma visita. Este complexo de grutas está situado numa região calcária, em pleno Parque Natural da Serra de Aires e Candeeiros, no Maciço Calcário Estremenho.

 

 

As Grutas de Alvados foram descobertas em 1964 por um grupo de trabalhadores das pedreiras de calcário da Serra dos Candeeiros, ao ouvirem o cair das pedras num algar profundo.

 

 

As estalagmites são formações que crescem a partir do chão da gruta que vão em direcção ao tecto. As estalactites são formações rochosas sedimentares que se originam no tecto da gruta, crescendo para baixo, em direcção ao chão. Crescem à razão de um centímetro por século. Não se deve tocar nas formações rochosas pois isso atrasa o seu crescimento e faz com que fiquem escuras.  

 

 

A natureza é o maior dos escultures. aquela estalagmite da direita faz-me lembrar um velho com um cajado :=)

 

 

As grutas de Santo António foram descobertas por acaso por dois homens que trabalhavam na Pedra do Altar, Porto de Mós, em 1955. Ocupam uma área aproximada de 6 000m2 , tendo a sala maior 80 por 50m, com uma altura máxima de 43m.

Em pleno coração de Portugal, Mira de Aire é o centro do círculo turístico formado por Leiria, Batalha, Ourém, Vieira de Leiria, S. Pedro de Moel, Fátima, Tomar, Marinha Grande, Nazaré, Alcobaça, S. Martinho do Porto, Caldas da Rainha e Santarém. Mira de Aire situa-se nos flancos da serra que lhe deu o nome (a Serra D'Aire), ocupando a parte norte do Polje Mira/ Minde, sulcada pela estrada nacional nº 243 que liga o entroncamento de Torres Novas ao de S. Jorge. Pertence ao concelho de Porto de Mós, distrito de Leiria.

5 comentários

Comentar post

Quem Escreve...

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Agosto 2010

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

A dona lê

Tem Reclamações a Fazer?

Já visitaram o estaminé