Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Na Pasta das Imagens - VIII

Gosto de História, mas não nego que confiaria mais na humanidade se me tivesse interessado por outra matéria...Os humanos não são grande espingarda. E estão sempre a cometer os mesmos erros: o rio de sangue da humanidade jamais seca. Ontem encontrei uma notícia linda sobre uma associação humanitária que criou um programa que consiste em ex-refugiados escrevem cartas a quem está nessa situação agora, como uma idosa ex-refugiada da segunda guerra que escreveu a uma jovem síria. Cada vez mais acho que a História é circular e não uma linha recta. Não esperávamos ver pessoas metidas em vagões sobrelotados de novo pois não? Mas também se encontram factos engraçados, como a história do presidente francês que morreu enquanto a amante lhe fazia uma coisa com a boca. Imaginem só os títulos da imprensa! Nunca se sabe que tipo de histórias vamos encontrar...

 

 

Quando a América entrou na guerra em 1941 a empresa Dupont que produzia meias de nylon passou a produzir pára-quedas, cordas e outros afins...As meias rapidamente se tornaram difíceis de encontrar então as mulheres passaram a pintar as pernas para obter o mesmo efeito usando produtos que tinham à mão como café, cacau em pó, molho...

 

 

Embora tenhamos ideias precisas quando se fala em atrocidades desta época, há coisas que raramente são faladas - como o genocídio de populações alemãs após terminar a guerra. Deixados à sua sorte estes civis sentiram a fúria vingadora dos aliados, especialmente do exército vermelho nas zonas da Europa oriental como a Polónia. Ao todo 14 milhões de alemães perderem as suas casas, muitas populações foram massacradas e usadas como escravos laborais ou sexuais. Estes refugiados eram obrigados a ir para a Alemanha ou para a Áustria - muitos não chegavam lá. Alguns pelo contrário tentavam voltar para casa gerando o maior caos humanitário registado na Europa e que foi superado agora. Umas 5 mil crianças ficaram perdidas das famílias. Também cerca de 5 milhões de mulheres alemãs foram violadas em 1945 quando os Soviéticos ocuparam Berlim.

 

 

O Amante de Lady Chatterley esteve proibido em Inglaterra desde que foi publicado em 1928 até 1960 altura em que a editora Penguin decidiu lançar oficialmente a obra - da qual só circulavam edições piratas. A triagem inicial de 200 mil exemplares esgotou no própria dia. Em três meses venderam-se 3 milhões de livros. O Estado não gostou, processou a editora e perdeu. Foi lida uma lista com todas as obscenidades do livro em voz alta no tribunal - 30 vezes a palavra "fuck", "Cunt" 14 vezes, and so on...

 

 

Após o ataque a Pearl Harbor o moral das tropas americanas estava em baixo...vai daí Marilyn Hare, actriz de sucesso na época e com apenas 18 anos, decidiu ajudar de uma maneira inusitada - com beijos. O seu projecto que começou a 5 de Fevereiro de 1942 consistia em beijar 10.000 soldados antes de eles serem enviados para as frentes. Só no primeiro dia foram 733 os felizardos. A Times considerou a ideia:"one of the most formidable morale-building projects yet contrived for the U.S. Army"

Debaixo das Mantas...

 

...Vai-se lendo sobre as aventuras extra casamento de Constança Chatterley. Deve haver alguma acção em breve, mas conto não desmaiar como as pessoas de 1928 nem ficar histérica como as pessoas de 2015 que quase rebolaram pelo chão quando num filme viram um boi a montar uma vaca - e ainda há quem diga que não gosta de ir ao cinema. Na verdade eu já podia ter chegado a essa parte, mas o livro tem um forte conteúdo político e social e tenho que estar sempre a voltar atrás para ler de novo. A discrição da sociedade pós guerra é devastadora.

 

 

Também não avanço mais depressa porque a edição é de capa dura e não consigo evitar interromper a leitura para a acariciar. Não são muito práticas para dobrar e tal, mas têm qualquer coisa de especial à vista e ao toque. Estou a ler mais três: dois de capa dura também, portanto tenho o mesmo problema. São tão bonitinhos e dão tanta vontade de pegar...O outro é um do Nabokov. Ainda só vou no início mas acho que vai ser óptimo. E parece-me que o tempo vai continuar bom para sessões de leitura na cama. No meu telefone têm aparecido mensagens meteorológicas incomuns: gelo e neve soprada - não sei o que é mas também não me queixo. 

O Lado Lunar

A verdade é que desde que comecei a falar de feminismo neste blog já me chamaram estúpida (e por causa de outros assuntos também), social justice warrior, disseram que rebaixo homens...Já devia ter começado a falar disto há mais tempo. Aliás, já devia ter aberto um blog antes que isto é muito mais divertido do que parece. A sério gente que hei-de fazer? Sortear uma embalagem de gel de arnica? 

 

Parecia tão boa pessoa...

Encontrei isto por aí e decidi partilhar: nunca é demais estarmos atentos e ainda mais numa altura em que os mais variados meios glorificam e romantizam este tipo de comportamento...Não é aceitável. Os Jovens em especial precisam deste tipo de alertas. Nenhuma menina precisa de príncipe para ser princesa e vice-versa e quanto maior a pressão para entrar num relacionamento maior a probabilidade de tragédias virem a acontecer. Outros sinais: comportamentos controladores, ciúmes exagerados, esperar que seja a outra pessoa a tratar de tudo e a satisfazer todos os desejos; crueldade para com animais, tentativa de isolar o outro - tudo isto acontece, não é teoria. Mantenham-se protegidos. 

Segunda-Feira: Pontos

 (Frances Bean Cobain. Fotografia de Hedi Slimane)

 

Opinião: está tudo animado por causa da chegada da Primavera, mas eu não partilho desse sentimento devido a - alergias, torturar as pernas porque fica demasiado calor para usar meias e esta sociedade é uma treta, não conseguir mais dormir confortável debaixo de três cobertores, olhares de lado quando visto de preto e depois é o Verão e os anúncios para ter um "corpo de praia", as fotos nas redes (ainda querem que abra uma conta no Face) e ficar entediada é pior quando está muito calor. As praias cheias de gente...Não é rabugice do momento. Genuinamente não sou fã do Verão e pretendo até abrir uma associação para reunir as pessoas que também não o são.

 

Novas do meu pé torcido: dor 

 

Actualização das leituras: li uma coisa chamada Miss Peregrine's Home for Peculiar Children. Algumas pessoas já devem ter ouvido falar especialmente porque o Tim Burton fez um filme dele a estrear em breve. Gente, é péssimo...O livro, não o Tim obviamente. Até fiquei abananada. A vida não gosta de desafios: então andas a ler coisas boas, cinco estrelas e tal? Como disse no post anterior não se pode ser muito picuinhas com este tipo de livros, mas ainda assim...Entretanto acabei a História do Cerco de Lisboa e fiquei mais contente. Tenho neste momento três em leitura. 

 

Um obrigado: a uma pessoa que entrou aqui usando o termo de pesquisa - "coisas que se dizem e não se cumprem"...Vou por isto na descrição do blog. 

Livros e Influências

Não li tanta coisa como poderia desde o início do ano, mas estou contente por já ter atribuído cinco estrelas a mais que um livro. Por exemplo ao On The Road que já terminei. Céus, nem sei o que dizer sobre ele...Teria mais a comentar sobre a pontuação de 3,6 no Goodreads. Hoje em dia há muita coisa a puxar por nós a ponto de quase ficarmos soterrados: sugestões em blogs, Goodreads, newsletters de editoras, tops de mais vendidos, capas coloridas...Não confio muito nestes dois últimos. Gosto de ler blogs sobre livros e sigo alguns regularmente, mas prefiro a Amazon ao Goodreads. É difícil confiarmos apenas no nosso instinto quando temos todas estas ferramentas e não acabar contagiado por elas. Penso que arriscaria mais se os livros não tivessem preços exorbitantes - não tenho como duvidar que Elena Ferrante seja uma boa escritora, mas quase dezoito euros. Pelo contrário quanto mais oiço falar na Rapariga do Comboio menos vontade tenho de ler. Tento sempre que o meu instinto tenha uma quota parte importante na escolha de um título.

 

Evito comprar coisas que passado o primeiro impulso não vou ter interesse em ler...Ou continuar com certas leituras como aquela (4 estrelas no Goodreads) que comecei ontem à noite: é uma altura em que por alguma razão o meu instinto me tende a abandonar, só voltando de manhã com consequências funestas. E quando vemos que a nossa opinião não está de acordo com a maioria pode ser um problema...Não posso dizer que alguma vez me tenha preocupado excessivamente em adequar o que achava  à opinião dos demais. Também tenho observado que é fácil gastarmos mais tempo a escrever sobre livros do que a lê-los. Queremos partilhar tudo! Claro que eu gosto muito de falar sobre o assunto aqui e de tirar fotos à mesa de cabeceira e tudo....Às vezes o querer manter algo privado e o querer falar sobre isso, são coisas que entram em choque. Não é fácil a vida na era das redes. 

Pág. 1/2

Quem Escreve...

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

A dona lê

Tem Reclamações a Fazer?

Já visitaram o estaminé

subscrever feeds