Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Segunda-Feira: State Of Dreaming

( Marina Diamandis)

 

Eis o original programa para estes dias: Ler. Tinha planeado ler um certo numero de livros este mês, mas não devo conseguir porque me desleixei nos últimos dias. Não sei como o pessoal dos blog consegue participar em coisas como maratonas literárias e assim...Eu nem leio todos os dias. Tento, mas nem sempre dá. Sou demasiado temperamental para conseguir seguir uma programação e de qualquer modo dá-me mais prazer assim. Estou a ler A Melodia do Amor da Lesley Pearse, ainda não passei do início; Ana e o Beijo Francês que é tão doce que tenho de ler pouco de cada vez para não ficar diabética; e Sem destino de Imre Kertész que é sobre o Holocausto...Talvez escreva qualquer coisa sobre ele quando acabar. Parece-me algo pertinente. Ver séries antigas, ouvir música e escrever coisas aleatórias, que não têm lugar aqui, apesar de agora as pessoas partilham absolutamente tudo....Não é um programa assim animado, mas gosto muito de fazer qualquer destas coisas por isso está ok, especialmente se não me maçarem. Deixem-me no meu canto sossegada que não incomodo ninguém. Tenho o direito de querer o mundo do lado de fora da janela até porque não há lá grande coisa que preste. Com excepção da Feira do Livro que abre na Quinta...So many books!

 

Inspira-me: dívidas literárias

 

Já disse que adoro o inspira-me? Bons temas para divagar quando nada de interessante me ocorre para escrever aqui, o que por acaso tem acontecido nos últimos dias. Desta vez pergunta se temos dívidas literárias. Ora, se por essa expressão entendermos livros que já devia ter lido, então sim. Que leitor não tem? Aquilo que já li é uma gota minúscula no enorme oceano da literatura. Faltam-me conhecer tantos autores desde clássicos até contemporâneos...Há uns tempos encontrei na net uma lista com os cinquenta ou cem livros que toda a gente deve ler e lá dizia que em média as pessoas lêem seis daqueles títulos. Fiquei contente por ter superado essa média, pelo menos até ver quantos é que ainda me faltavam...Precisava de ter nove vidas como supostamente os gatos e talvez não chegasse. Fazendo as contas, contando que tenho vinte anos (na verdade vinte e três mas entro em negação cada vez que penso nisto...) até chegar a velhinha...Será que chego a idosa? Conseguirei ainda ler? Espero ter a sorte de ter alguém que leia para mim...Em relação a escritores do presente, ás vezes entro em blogs e vou consultar a lista de autores a ver se há algum post onde possa comentar e constato que nunca li nenhum, alguns nem nunca ouvi falar...

 

É escusado dizer que estou um bocado a leste de coisas como Divergente ou Jogos da Fome, ainda por cima séries. São tantos livros e tão pouco tempo e orçamento...No início isto inquietava-me. É como naquele excerto do Almada “Entrei numa livraria. Pus-me a contar os livros que há para ler e os anos que terei de vida. Não chegam! Não duro nem para metade da livraria! Deve haver certamente outras maneiras de uma pessoa se salvar, senão… estou perdido". Mas acabei por adoptar uma atitude mais relaxada: leio o que puder, quando quiser...E os autores que tiverem de me vir parar ás mãos, virão. Alguma dívidas, porém, são mais prementes: nunca cheguei a acabar O Velho e o Mar, os Cem Anos de Solidão, O Cão dos Baskerville, Doutor Jivago (tenho-o na estante mas ainda não consegui passar dos primeiros capítulos) e As Pontes de Madison County...Só consegui chegar a meio, mas também tinha para aí uns onze ou doze anos quando o li. Não gosto de deixar livros por acabar, por isso são dívidas que tenciono saldar um dia...

 

Até porque gosto de pensar que não há nada que não consiga ler. Talvez tirando os livros do Paulo Coelho. Uma vez tentei ler um e tive mesmo  que desistir...Se me tivesse forçado a continuar provavelmente teria acabado por cometer haraquiri. Gosto de desafios literários...Talvez um dia tente ler o Ulisses. Também tenho de saldar uma dívida com o Borges que uma vez tentei ler e não percebi nada. Ficou-me sempre atravessado...E com o Steinbeck. Sou uma inculta mesmo...Mas nem todos podem ser amor á primeira leitura. E depois há, claro, os livros que estão em lista de espera. Tudo a seu tempo...De qualquer modo, antes ter estas dívidas que outras.

Pág. 1/4

Quem Escreve...

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

A dona lê

Tem Reclamações a Fazer?

Já visitaram o estaminé

subscrever feeds