Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Desabafos Agridoces

"Not all girls are made of sugar and spice...Some are made of sarcasm and nothing is fine"

Aceitar ou não aceitar

 

A7.png

 

Não sei ao certo o que a pessoa pretendia ao fazer esta pesquisa, mas posso rapidamente dizer que "elogios" não se deve aceitar: a) nojices b) coisas que rebaixem outras mulheres [ex. gosto de ti porque não és como as outras], C) coisas sexistas em geral [ex. ser "material para casar"]. De resto porque não? Por exemplo, podem elogiar à vontade esta minha foto que tirei no sofá completamente au naturel:

 

A7.jpg

 

Feminismo e Privilégios

Para uma pessoa dizer que é feminista não se requer muito: concorda que homens e mulheres devem ter os mesmos direitos no acesso à saúde, emprego e educação bem como nos demais aspectos da vida? Sim? Então pronto. Não importa se vocês são homens ou mulheres, mas em relação aos senhores e em virtude do que muitas vezes se lê por aí impõem-se alguns esclarecimentos. Concordar com a pergunta acima não vos dá direito a um prémio. "Não assedio mulheres logo devo esperar que elas me agradeçam e se ajoelhem." Não, não é assim que funciona. E quando se concorda com a questão é lógico condenar coisas que não contribuem para que aquilo se torne uma realidade. Um dos mais comuns argumentos é - "isso é mau, mas os homens não são todos assim." Há sempre alguém que diz isto, seja qual for o assunto, e eu respiro fundo e conto até dez. Esse não é o ponto. Condenas os que são efectivamente assim? "Eu sou um tipo decente, eu não faço isso." Óptimo, mas levantas-te contra homens que o fazem ou ficas apenas sentado a ver enquanto pensas o quão decente és? Vocês não assediam mulheres, certo - mas vocês ficam indiferentes quando vêem isso acontecer no vosso círculo?

 

Um terceiro ponto é este: um menino é mais privilegiado que uma menina - logo à partida quando nasce. Se você, hipotético leitor, é um homem branco então pertence ao grupo mais privilegiado do mundo. Esta desigualdade criou ao longo dos séculos um fosso gigante entre os géneros - gostemos ou não, é algo que existe. Alguns homens odeiam quando se fala que eles são os privilegiados, mas eu confio que o meu hipotético leitor é capaz de ver que isso é um facto. Reconhecer este privilégio é o primeiro passo para sair dele. "Se eu fosse mulher ia gostar de ouvir piropos na rua." - se um senhor diz isto ele está projectar o seu ego na situação, não está a tentar ver as coisas como mulher. Quando alguém diz que haver dia da mulher é injusto ou que "isto é estúpido, porque todas as vidas importam" é porque essa pessoa ainda não conseguiu sair da sua bolha de privilégio. Se o fizesse veria que nem todas as vidas têm a mesma probabilidade de ter que mudar de rua a correr ou acabarem mortas nela. Como todos nascemos numa sociedade injusta [sim, como mulheres brancas também temos a nossa bolha] isto é algo muito difícil de fazer, mas é importante para nos compreendermos uns aos outros. Já agora: senhores não usem o feminismo para tentar engatar mulheres no Tinder.

Ler Autoras: Listas e Ajudas

Como muitos leitores eu gosto de qualquer lista relacionada com livros, mas desde que ando a ler mais autoras tenho ganho um apreço especial por lista só de senhoras, sejam contemporâneas ou não. São uma grande ajuda. Foi através delas que descobri duas coisas fantásticas que li recentemente: Passing de Nella Larsen e Good Morning Midnight de Jean Rhys. Tenho de manifestar também o meu apreço pelas pessoas que amavelmente vão deixando sugestões e pelas que falam de escritoras nos seus próprios blogs. Por exemplo, o último livro que li foi E Depois a Louca Sou Eu de Tati Bernardi - fiquei a saber da sua existência através deste blog. Gostei muito. Se eu for à estante (física ou do telemóvel) e quase não tiver autoras para escolher vou acabar por encolher os ombros e pegar num autor, por isso o melhor é nos deixarmos rodear por elas o mais possível. Já tirei títulos de listas do Goodreads e da lista de leituras da Rory Gilmore. Não sou esquisita. E quanto mais autoras lemos, mais queremos ler.

Quem Escreve...

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Avisos

As opiniões sobre livros e afins podem conter spoilers. Comentários agressivos ou insultuosos não serão aprovados. Este blog não adopta o novo acordo ortográfico

Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Sumo que já se bebeu

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

A dona lê

Tem Reclamações a Fazer?

Já visitaram o estaminé

subscrever feeds